Emelec-EQU 3 x 0 RB Bragantino - Braga vacila e perde a 1ª na Sul-Americana

O time paulista foi melhor no primeiro tempo, mas na etapa final acabou indo mal e sofreu três gols

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 28 - O Red Bull Bragantino sofreu sua primeira derrota na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira à noite, quando visitou o Emelec (EQU) e perdeu por 3 a 0, no estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador. Todos os gols da partida saíram no segundo tempo.

Além de ter sido o primeiro revés do time paulista na competição, o Emelec (EQU) também pôs fim a uma sequência de quatro jogos sem derrota do Red Bull Bragantino, sendo três pelo Campeonato Paulista e a estreia na Sul-Americana contra o Tolima (COL).

VEJA OS GOLS E TEVE GOLAÇO !

BULLS EM SEGUNDO

Com o resultado negativo, o Red Bull Bragantino caiu para o segundo lugar do Grupo G com três pontos ganhos. Enquanto o Emelec (EQU), que já havia vencido o Talleres (ARG) na estreia, manteve os 100% de aproveitamento e lidera a chave com seis pontos.

Esta foi a primeira viagem internacional do Red Bull Bragantino para partidas oficiais na última década. Há dois anos o time paulista até viajou para a Áustria, mas para disputar quatro amistosos e um jogo-treino contra times da Bulgária, Hungria e da Polônia.

Red Bull Bragantino sofreu com a forte marcação do time equatoriano
Red Bull Bragantino sofreu com a forte marcação do time equatoriano

BRAGA BULL É MELHOR
Mesmo fora de casa, o Red Bull Bragantino teve o controle do jogo no primeiro tempo e poderia ter ido ao intervalo com vantagem no placar. O Emelec (EQU) foi mais cauteloso, mas também criou oportunidade de balançar as redes.

O time paulista arriscou chutes de fora da área e colocou o goleiro Ortiz para trabalhar. Aos 17 minutos, Lucas Evangelista finalizou, o goleiro defendeu e no rebote Ytalo não conseguiu chegar a tempo para abrir o marcador.

Para não falar que os equatorianos não assustaram o Red Bull Bragantino, aos 29 minutos Gracia cobrou falta e quase a certou o ângulo do goleiro Cleiton.

Ataque do Red Bull Bragantino não foi efetivo no Equador
Ataque do Red Bull Bragantino não foi efetivo no Equador

SÓ DEU EMELEC
No segundo tempo a postura do Emelec (EQU) foi completamente diferente e o time equatoriano construiu mais uma vitória na competição. Logo aos três minutos, Caicedo cruzou na área e Aderlan acabou desviando contra o próprio gol.

Atrás no placar, o time paulista precisou se expor em campo e acabou sofrendo o segundo gol aos 18 minutos, quando Gracia cobrou escanteio, a zaga não afastou e Zapata finalizou para o gol, sem chances de defesa para Cleiton.

Não bastasse a desvantagem no placar, o Red Bull Bragantino viu a situação ficar ainda mais complicada com a expulsão de Ricardo Ryller aos 27 minutos, após carrinho em que acabou levantando demais o pé e acertando Zapata.

Antes do apito final, aos 40, Cabeza ainda fez o terceiro gol no Emelec (EQU) após confusão dentro da área e deu números finais ao confronto.

PRÓXIMOS JOGOS
O Red Bull Bragantino volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Talleres (ARG) às 21h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Emelec (EQU), no mesmo dia e horário visitará o Tolima (COL) na Colômbia.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
2ª rodada
Data
28/04/2021
Horário
21h30
Local
George Capwell - Guayaquil (EQU) ()
Árbitro
Yender Herrera (VEN)

Assistentes
Alberto Ponte (VEN) e Yackson Diaz (VEN)

Cartões Amarelos
Emelec-EQU: Ortiz, Luca Sosa, Arroyo, Gracia
Red Bull Bragantino-BRA: Helinho

Cartões Vermelhos
Red Bull Bragantino-BRA: Ricardo Ryller
Gols
Emelec-EQU: Aderlan 3' 2T (contra), Zapata 18' 2T, Cabeza 40' 2T
Emelec-EQU
Ortiz;
Leguizamón, Mejía e Luca Sosa;
Romario Caicedo, Arroyo (Cevallos), Sebastián Rodriguez, Zapata (Orejuela) e Cabalí (Gracia);
Cabeza (Bryan Sánchez) e Barcelo (João Rojas).
Técnico: Ismael Rescalvo
Red Bull Bragantino-BRA
Cleiton;
Aderlan, Léo Ortiz, Fabricio Bruno e Edimar;
Ricardo Ryller, Lucas Evangelista (Ramires) e Claudinho (Vitinho);
Artur (Cuello), Ytalo (Chrigor) e Helinho (Pedrinho).
Técnico: Maurício Barbieri