Fortaleza 2 x 1 Independiente - Leão do Pici é melhor, mas Rey de Copas avança

Ainda não é possível conhecer quais serão os confrontos na sequência da Copa Sul-Americana,o segundo principal torneio do continente

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 27 (AFI) - Disputando uma competição internacional pela primeira vez na história, o Fortaleza até venceu, por 2 a 1, o Independiente-ARG - maior campeão da Libertadores com sete troféus - na noite desta quinta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Entretanto, o resultado, aliado ao 1 a 0 na Argentina, deu a vaga ao Rey de Copas, por conta do gol como visitante.

VEJA OS GOLS!

Ainda não é possível conhecer quais serão os confrontos na sequência do segundo principal torneio do continente. Afinal, mesmo com o final da primeira etapa, o próximo estágio contará com dez clubes vindos da Copa Libertadores (dois da terceira fase preliminar e os oito terceiros colocados das chaves na fase de grupos).

OS BRASILEIROS
Anteriormente, o Fluminense caíra para o Unión La Calera-CHI, enquanto o Atlético-MG parara no Unión Santa Fe-ARG e o Goiás ficara no Sol de América-PAR. Apenas o Vasco da Gama, que passou pelo Oriente Petrolero-BOL, e o Bahia, que não teve dificuldades diante do Nacional-PAR, conseguiram avançar entre os brasileiros.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

PRIMEIRO TEMPO
O Fortaleza entrou em campo tentando pressionar - e chegou com perigo logo aos quatro minutos, quando David obrigou Campanã a fazer grande defesa. Depois, o Independiente reforçou a marcação e diminuiu os espaços para os donos da casa, que passaram a contar com a individualidade de Osvaldo.

E foi justamente o atacante, ex-São Paulo, Fluminense e Ceará, quem, aos 23 minutos, foi derrubado por Bustos - dentro da área é pênalti. Depois de uma certa enrolação, o volante Juninho bateu com categoria, no cantinho direito, e colocou o Fortaleza na frente, resultado que levaria a disputa para os pênaltis.

SEGUNDO TEMPO
O Leão do Pici voltou para a etapa final forçando as jogadas com Osvaldo, que, endiabrado, foi travado por Barbosa após partir na individualidade, aos três minutos. Já aos seis, o atacante, novamente, foi sozinho. Dessa vez, porém, ele finalizou para boa defesa do goleiro Campaña.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O gol tricolor ia ficando maduro. Aos 16, Paulão testou firme o escanteio cobrado por Juninho, mas mandou por cima do travessão. Aos 22, David só não marcou pois Franco apareceu para, em cima da linha, impedir que a bola entrasse. De tanto pressionar, aos 33, Marlon acertou bela finalização, de fora da área, e ampliou.

Com o resultado, o Independiente ia sendo eliminado. Por isso, o Rey de Copas tratou de se lançar ao ataque para tentar diminuir e achar o gol da classificação. Quando tudo indicava que isso não aconteceria, Bustos tabelou com Velasco e, contando com leve desvio de Bruno Melo, marcou o tento necessário.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
27/02/2020
Horário
21h30
Local
Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Roberto Tobar (CHI)

Renda
R$ 1.330.879,00
Assistentes
Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)

Público
52.552 pagantes e presentes
Cartões Amarelos
Fortaleza-BRA: Felipe, Wellington Paulista, Gabriel Dias
Independiente-ARG: Romero

Gols
Fortaleza-BRA: Juninho 26' 1T, Marlon 33' 2T
Independiente-ARG: Bustos 47' 2T
Fortaleza-BRA
Felipe Alves;
Gabriel Dias, Jackson, Paulão e Bruno Melo;
Felipe, Juninho e Mariano Vazquez (Tinga);
David, Osvaldo (Wellington Paulista) e Romarinho (Marlon).
Técnico: Rogério Ceni
Independiente-ARG
Campaña;
Bustos, Franco, Barboza e Silva;
Lucas Romero, Blanco (Roa) e Togni (Domínguez);
Braian Romero (Velasco), Silvio Romero e Leandro Fernández.
Técnico: Lucas Pusineri