Audax Italiano x Botafogo - No reencontro com Loco Abreu, Bota quer abrir vantagem

A partida de ida da primeira fase está marcada para o Estádio San Carlos de Apoquindo, às 19h15 (horário de Brasília)

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 11 (AFI) - Após faturar o título do Campeonato Carioca no último final de semana, o Botafogo 'muda a chave' e agora foca na disputa da Copa Sul-Americana. Nessa quinta-feira, a equipe brasileira encara o Audax Italiano-CHI, no duelo de ida da primeira fase da competição internacional. A partida está marcada para o Estádio San Carlos de Apoquindo, às 19h15 (horário de Brasília). O duelo será um reencontro de Loco Abreu com a Estrela Solitária.

Ambas as partidas vão em busca de abrir vantagem para chegar tranquilo ao duelo de volta para avançar no torneio. O segundo jogo está marcado para a segunda semana de maio, no dia 09, dessa vez no Engenhão no Rio de Janeiro, às 21h45. O Botafogo conseguiu a classificação para o torneio, após não garantir vaga na Libertadores e ficar na parte intermediária da tabela do Brasileirão do ano passado.

Após o título carioca, Botafogo foca na disputa da Copa Sul-Americana
Após o título carioca, Botafogo foca na disputa da Copa Sul-Americana

AUDAX ITALIANO TEM LOCO ABREU
O Botafogo encontrará pela frente um antigo conhecido nesse duelo contra o Audax Italiano. Ídolo da torcida alvinegra, o centroavante Loco Abreu, de 41 anos, faz parte do elenco da equipe chilena. O jogador, no entanto, não tem feito um bom início de temporada e atualmente está no banco de reservas. Apesar disso, o lateral-direito do time carioca, Marcinho pediu cuidado com Loco Abreu.

"Joguei ano passado contra o Loco, quando ele estava no Bangu, e é muito perigoso. Se entrar no jogo, precisamos ter muito cuidado. Impõe muito respeito", afirmou. Além de Loco, o time chileno conta com um jogador brasileiro em seu elenco. Trata-se do zagueiro Sergi Santos, que teve poucas chances no futebol brasileiro e foi descoberto na várzea em Belo Horizonte e levado para para Santiago, onde fez testes e foi levado para o Audax. No Brasil ele atuou no América-MG mas recentemente atuava com gesseiro na capital mineira.

BOTAFOGO VAI COM TUDO MAS TEM DESFALQUES
Para essa partida válida pela primeira rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana, o técnico Alberto Valentim tem dois desfalques certos para a escalar a equipe titular do Botafogo. Isso por que Moisés e Luiz Fernando estão com um entorse no tornozelo e nem viajaram para o Chile. Ambos os jogadores sentiram a lesão na grande decisão do Campeonato Carioca, tanto que foram substituídos na ocasião.

Ambos os jogadores já começaram o tratamento e têm previsão de volta para até três semanas. As vagas que ficaram em aberto serão completadas por Gilson na lateral-esquerda e no ataque Ezequiel, Kieza e Pachu brigam pela posição, mas o escolhido para entrar jogando deve ser divulgado apenas momentos antes do duelo. O lateral-direito Marcinho, presença certa entre os titulares, também acha que o elenco precisa esquecer a recente conquista e minimizou qualquer favoritismo, mesmo com o péssimo momento do adversário no campeonato local.

"A gente ainda não teve esse tempo para analisar o Audax, mas é um clube de pouca expressão. Mesmo assim, vamos tratar com muito respeito. Esse título tem que nos dar forças. Vamos chegar com humildade para voltar com uma vitória", disse o jogador.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
12/04/2018
Horário
19h15
Local
Municipal de La Florida - La Florida (CHI) ()
Árbitro
Andrés Rojas

Renda
Não divulgado
Assistentes
Wilmar Navarro e Dionisio Ruiz

Público
Não divulgado
Cartões Amarelos
Audax Italiano-CHI: Bosso , Sebastian Díaz
Botafogo-BRA: Marcelo, Rodrigo Pimpão

Gols
Audax Italiano-CHI: Sérgio Santos 41' 1T
Botafogo-BRA: Brenner 27' 2T, Rodrigo Pimpão 46' 2T
Audax Italiano-CHI
Peric;
Nicolás Fernández, Labrín (Fabián Torres), Manuel Fernández e Bosso;
Cabrera, Sebastián Díaz, Iván Vásquez e Carrasco;
Jeraldino (Abrigo) e Sérgio Santos
Técnico: Hugo Vilches
Botafogo-BRA
Gatito Fernández;
Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson;
Rodrigo Lindoso, Marcelo, Renatinho (Matheus Fernandes/Marcus Vinícius) e Leonardo Valencia;
Brenner e Leandro Carvalho (Rodrigo Pimpão).
Técnico: Alberto Valentim
 
 
" />