Pernambucano: Sport não acredita em novas saídas por falta de pagamento

No início do mês, o volante Jean Patrick acionou a Justiça pedindo a recisão de contrato junto ao Leão

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 22 (AFI) - A diretoria do Sport não acredita em um "efeito cascata" depois do volante Jean Patrick ter entrado na Justiça contra o Sport pedindo a rescisão contratual por falta de pagamentos no início de maio.

O vice-presidente jurídico do Sport, Manoel Veloso, cutucou o ex-volante de Ponte Preta e Cuiabá ao falar sobre a possibilidade de outros jogadores deixarem o clube.

Diretoria do Sport não acredita em mais saídas de jogadores
Diretoria do Sport não acredita em mais saídas de jogadores
"Não tememos (mais saídas) por dois motivos: quem quer sair é bom porque não estava conosco e não vou ficar forçando ninguém a ficar. Quem não tiver interesse em comprar a briga, por vamos ter um ano difícil, seja feliz", disse Veloso.

A situação financeira do Sport é complicada desde o ano passado e a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus dificultou ainda mais. Não é a toa que o elenco não recebeu os salários de março e abril.

A crise é tão grande que o Sport foi mais uma vez proibido de registrar jogadores por conta de uma dívida.