Série B: Treinador do Sport critica Brasil de Pelotas e árbitro após empate

Guto Ferreira disse que o time gaúcho tentou intimidar o Leão com entradas duras durante o jogo

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 21 (AFI) - O técnico Guto Ferreira falou de tudo um pouco na entrevista coletiva concedida após o empate sem gols do Sport com o Brasil de Pelotas, no último domingo, em Pelotas, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Como já era esperado pelo próprio treinador, o Brasil de Pelotas abusou das entradas fortes ao longo dos 90 minutos e que acabou tendo a conivência do árbitro catarinense Willian Machado Steffen.

Guto Ferreira reclamou da arbitragem
Guto Ferreira reclamou da arbitragem

"Foi um jogo de muito contato e acho que os critérios da arbitragem fugiram um pouco do futebol. Jogar em Pelotas é difícil, mas hoje passou um pouco do ponto, com muita cotovelada, várias agressões no rosto. Tudo isso na frente do árbitro e ele só conversava. O Brasil achou que intimidaria o Sport", disse Guto Ferreira.

O resultado em Pelotas mantém o Sport tranquilo na vice-liderança, com 53 pontos, seis pontos a menos que o líder Bragantino. A mesma diferença é para o quinto colocado América-MG.

O time volta a campo já nesta quarta-feira, contra o Paraná, às 19h15, na Ilha do Retiro, em Recife, pela 31ª rodada da Série B do Brasileiro.