Ex-treinador de Ponte Preta e Palmeiras aciona Sport na Justiça

Eduardo Baptista teve duas passagens pelo clube pernambucano e cobra R$ 373.998,92

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 10 (AFI) - Sem clube desde que foi demitido do Vila Nova no dia 13 de julho, o técnico Eduardo Baptista acionou o Sport na Justiça cobrando R$ 373.998,92. Ao todo, foram duas passagens pelo Leão: 2014 a 2015 e 2018.

O ex-treinador de Ponte Preta, Palmeiras e Fluminense cobra o não pagamento do 13º, do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e também os valores referentes a quebra de contrato de trabalho.

O técnico Eduardo Baptista acionou o Sport na Justiça
O técnico Eduardo Baptista acionou o Sport na Justiça
Uma audiência estava marcada para a manhã desta terça-feira, em Recife, mas acabou sendo cancelada. O próximo encontro acontece na quinta-feira da semana que vem, quando as partes envolvidas devem apresentar os documentos.

Eduardo Baptista iniciou sua carreira de treinador justamente no Sport e o balanço da sua primeira passagem foi positivo, com as conquistas da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano.

Em 2018, porém, Baptista ficou apenas 40 dias no clube, deixando o cargo após seis derrotas, um empate e uma vitória no Brasileirão. Na sequência, o Sport seria rebaixado para a Série B.