Série B: Técnico do Sport reclama de erros de arbitragem: "Impossível ficar sem VAR"

Após empatar em 2 a 2 com o São Bento, Guto Ferreira pede pênalti no começo do jogo e afirma que o marcado para o rival não foi nada

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 09 (AFI) - A arbitragem foi o principal tema na coletiva de imprensa do técnico Guto Ferreira, do Sport, após o empate em 2 a 2 com o São Bento na 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A falta do árbitro de vídeo no torneio foi fundamental para o resultado de igualdade no placar, segundo o treinador do Leão. Segundo ele, houve um pênalti não marcado a favor do seu time logo nos minutos inicias do jogo e outro mal anotado a favor do time da casa, originando o primeiro gol dos rivais.

"Impossível ficar sem VAR. Em caso de VAR, teríamos a opção direta de ter 3 a 2 no placar", reclamou Guto.

E o comandante do Sportnão parou por aí. Ele lembrou outras partidas que o rubor-negro teria sido prejudicado pela arbitragem.

Guto quer o VAR na Série B. (Foto: Anderson Stevens/Sport)
Guto quer o VAR na Série B. (Foto: Anderson Stevens/Sport)
"Não foi só nessa partida. Contra o Operário-PR o nosso goleiro sofreu uma agressão frontal no peito, na sobra o adversário se jogou e o juiz deu pênalti. E contra o Bragantino tivemos um lance de pênalti que o juiz não marcou", lembrou.

"Esperamos que os juízes tenham um pouco mais de atenção. Não é por querer, mas é que vem coincidindo muitos erros contra o Sport. Isso atrapalha um trabalho sério que é feito pela diretoria e pelos jogadores", analisa Guto Ferreira.

O treinador não ficou apenas no assunto arbitragem. Ele analisou o resultado para o time que entra provisoriamente no G-4 com 16 pontos, ultrapassando a Ponte Preta que tem 15 e joga na sexta, em casa, contra o Oeste.

“Não era o resultado que a gente veio buscar. O Sport sempre joga para ganhar. Fizemos uma pressão grande no final. Um ponto não era o que a gente queria, mas é importante se a gente seguir. O que nós temos é que ganhar algumas fora. Se ganhar dentro e empatar fora, fatalmente, vamos atingir o acesso e brigar pelo título. Nós estamos bem próximos desse objetivo. Hoje o empate não é um mau resultado”.