Em reencontro com o Inter, volante Jair, do Sport, reforça teor decisivo da partida

Revelado pelas categorias de base do Internacional, Jair quer escrever nova história para o Sport contra seu ex-clube

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 03 (AFI) - A partida do Sport contra o Internacional, na próxima sexta-feira, na Ilha do Retiro, pela 28ª rodada do Brasileirão, reserva para o volante Jair um reencontro. Nascido em Ibirubá, no Rio Grande do Sul, o jogador foi revelado pelas categorias de base do Inter e chegou ao time profissional. Longe do futebol gaúcho há pouco mais de um ano, Jair projeta, no encontro com seu ex-clube, escrever uma nova história para sua casa atual, o Sport.

Sport e Internacional se encontram em contextos opostos no Campeonato Brasileiro. O Leão briga para reverter um cenário de zona de rebaixamento, enquanto o Colorado sonha com o título. Conhecedor da escola gaúcha de futebol, o dono da camisa 88 do Leão revela como deve ser a postura do Sport contra o Inter em uma partida decisiva.

“O Internacional é um time competitivo, a escola do sul é assim. Acredito que eles vão querer propor o jogo, buscar o espaço e a gente tem que ser um time aguerrido, igualar na vontade ou até ter mais vontade do que eles para sair com esses três pontos”, disse.

11 DECISÕES
Faltando 11 rodadas para o fim do Campeonato, o elenco rubro-negro encara cada partida como uma final. Para Jair, não é possível pensar em outro resultado que não seja a vitória.

“A gente tem que encarar cada jogo como uma decisão. Esse de sexta é uma guerra. Não podemos pensar em outro resultado se não a vitória”, comentou.

Levando em consideração o fato casa, o volante Jair convocou a torcida rubro-negra para lotar a Ilha do Retiro na sexta-feira, no jogo e, na quinta-feira, no treino, que também será na Ilha e de portões abertos para o torcedor.

“É mais do que importante ter a torcida do nosso lado tanto no jogo quanto no treino. Se eu tenho feito partidas boas é porque me apoiaram e com o apoio da torcida vamos dar a volta por cima e sair dessa situação”, acrescentou.

 
 
" />