Eduardo Baptista elogia 1º tempo, mas lamenta falta de concentração do Sport

Antes de sofrer o primeiro gol do Bahia, os rubro-negros faziam uma boa partida na Arena Fonte Nova

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 06 (AFI) - O técnico Eduardo Baptista elogiou bastante o primeiro tempo da equipe do Sport. Porém, lamentou a falta de concentração dos atletas após o gol sofrido, no início do segundo tempo da derrota para o Bahia, por 2 a 0, na Arena Fonte Nova.

“Foram dois tempos muitos distintos, o primeiro de domínio total do Sport. Conseguimos ser bem organizados, reativos, e propor o jogo criando situações de gol. Voltamos bem para o segundo tempo, e ai levamos um gol num lance individual. Depois disso, a gente se desestabilizou. Tentamos algumas alterações para manter a organização, mas infelizmente o nosso segundo tempo foi muito ruim”, afirmou.

Sobre o esquema da equipe, que esteve com três zagueiros em campo, Eduardo deixou claro que o time atuou num 4-2-3-1, e não no 3-5-2.

Eduardo Baptista lamentou a derrota do Sport - Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Eduardo Baptista lamentou a derrota do Sport
EXPLICAÇÕES
“Nós não jogamos no 3-5-2. Ernando foi lateral-direito e a gente jogou no 4-2-3-1. Ernando foi bem no primeiro tempo e sanamos alguns problemas nossos de cruzamentos na nossa área. Era uma preocupação nossa. Winck foi bem também e depois cansou. Temos de trabalhar e ajustar”, falou.

O comandante leonino lamentou também o desfalque de Hernane para o jogo com os baianos e abriu a possibilidade de apostar em jogadores mais “rodados” para os próximos jogos.

“Talvez com uma referência no ataque as coisas aconteceriam. Com um nove de ofício as chances que criamos podiam ter resultado em gol”, disse ele.

“Você pode levar um gol, contanto que não se desorganize. Talvez seja o momento de colocar jogadores com experiência, um legado maior”, concluiu.

 
 
" />