Paraibano: Sousa utiliza atacante irregular e pode perder até seis pontos

O Nacional de Patos entrou na Justiça para denunciar a utilização do atacante Jô Boy, que deveria cumprir suspensão

por Agência Futebol Interior

Patos, PB, 07 (AFI) – O Nacional de Patos entrou na Justiça com uma denúncia de irregularidade da equipe do Sousa na disputa do Campeonato Paraibano.

Segundo a denúncia, o atacante Jô Boy foi utilizado de forma irregular na segunda rodada da competição, contra o Sport Lagoa Seca, em vitória do Sousa por 1 a 0. Na ocasião, Jô Boy entrou aos 18 minutos do segundo tempo no lugar de Daniel Caiçara e permaneceu até o final da partida.

O problema seria que Jô Boy está suspenso. O atacante foi expulso na última partida da Segunda Divisão Paraibana de 2019 e teria de cumprir essa suspensão em uma competição estadual, mesmo em divisões diferentes.

ENTENDA O CASO
Jô Boy defendia o São Paulo Crystal na última temporada, disputando a segunda divisão da Paraíba e fez parte do elenco que levou à equipe à elite do futebol do estado.

Na última rodada, contra o Sport Lagoa Seca, ele foi expulso e, como a competição terminou, ficou com um jogo de suspensão a ser cumprido.

Já em 2020, foi contratado pelo Sousa após a primeira rodada e já estreou na segunda rodada, novamente contra o Sport Lagoa Seca, agora na primeira divisão.

O Nacional de Patos foi quem percebeu a irregularidade e acionou a Justiça para que o Sousa fosse punido. Dependendo da decisão, o clube pode perder até seis pontos.