Jogo do Sergipano acaba com cadeira quebrada no banco e pontapé em técnico

Edmilson Santos acabou agredido, mas aceitou à desculpa do dirigente do Frei Paulistano

por Agência Futebol Interior

Aracaju, SE, 11 (AFI) – O duelo entre Frei Paulistano e Olímpico não ficou apenas dentro de campo. Membros exaltados de ambas as equipes chegaram às vias de fato. Sobrou até para o técnico Edmilson Santos, de 74 anos, que levou um chute entre a perna e a barriga. O treinador passa bem e colocou um ponto final na história.

Segundo o treinador e jogadores presentes na confusão, um membro da diretoria do Frei Paulistano foi tirar satisfação com Edmilson, alegando que ele teria quebrado uma cadeira no banco de reservas durante a partida. O técnico negou e foi conversar com quem havia passado tal informação. Durante a conversa, diretores das duas equipes se estranharam, originando assim a confusão. A polícia, que estava por perto, acabou intervindo. Foto: João Áquila/Divulgação.

Edmilson Santos levou um chute na confusão entre dirigentes do Frei Paulistano e do Olímpico
Edmilson Santos levou um chute na confusão entre dirigentes do Frei Paulistano e do Olímpico

“Acabei levando um pontapé na região da cintura, entre a perna e a barriga. Mas estou bem. Ouvi muitas pessoas falando que fui para o hospital, mas não teve nada disso. Teve um momento de cabeça quente, coisas que, infelizmente, acontecem no meio do futebol. Um fato que acaba sendo irrelevante por tudo o que representa o campeonato”, afirmou o treinador, em entrevista ao Portal Futebol Interior.

“A confusão aconteceu por um ato de inexperiência, de autoritarismo por conta do rapaz. Mas está tudo resolvido. Ele me ligou, pediu desculpa, viu que estava errado e me procurou. Desculpas aceitas e bola para frente. O Olímpico tem três partidas importantes para deixar a zona de rebaixamento e quem sabe buscar uma vaga no Hexagonal. Só depende da gente e vamos em busca de nossos objetivos”, concluiu.

SITUAÇÃO
Segundo informações, o preparador de goleiros do Olímpico acabou quebrando a cadeira, num momento de desatenção, e a culpa acabou caindo em Edmilson. A briga, no entanto, ocorreu entre diretores, mas com o treinador no meio da confusão.

O Olímpico é o lanterna do Campeonato Sergipano, com apenas um pontos, a três do Frei Paulistano, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

*A reportagem tentou entrar em contato com dirigentes do Frei Paulistano, mas não obteve resposta até o momento.

 
 
" />