Com meio-campo criativo e quarteto do Água Santa, veja 1ª Seleção FI do Paulista A2

Ao todo, sete times formam a seleção de estreia, que vem no 4-4-2, pois conta com um meio-campo muito criativo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - A primeira rodada do Campeonato Paulista Série A2 foi finalizada nesta terça-feira e, com ela, vem a Seleção FI. O grande destaque foi o Água Santa, que colocou três integrantes no time, além do treinador. Ao todo, sete times formam a seleção de estreia, que vem no 4-4-2, pois conta com um meio-campo muito criativo.

OUTROS DESTAQUES

Outros jogadores também foram bem, mas acabaram ficando de fora na difícil escolha. Como o goleiro Rodolfo, do Oeste, que deu até uma assistência, o meia Rodrigo Alves, que evitou a derrota do São Bernardo FC, e o atacante Bambam, que fez um gol e deu uma assistência na vitória do Água Santa.


A SELEÇÃO

Oliveira (Água Santa);
Railan (Juventus), Sandoval (Oeste), Jhonatan (Red Bull Brasil) e Ronaell (XV de Piracicaba);
Cristiano (Red Bull Brasil), Léo Ceará (Oeste FC), Luan Dias (Água Santa) e Léo Costa (Portuguesa Santista);
Denilson (Rio Claro) e Dadá Belmonte (Água Santa).
Técnico: Sérgio Guedes (Água Santa).


Oliveira. (Foto: Abner Dourado / Água Santa)
Oliveira. (Foto: Abner Dourado / Água Santa)
GOLEIRO
Oliveira (Água Santa)
- O Netuno jogou bem e mereceu vencer o Velo Clube por 2 a 0, mas isso não quer dizer que foi fácil. O Velo começou melhor e só não abriu o placar porque Oliveira fez grande defesa ainda no primeiro tempo. E depois que o placar estava 2 a 0, realizou outros dois milagres, o que desanimou a reação do adversário.

LATERAL-DIREITO
Railan (Juventus)
- Em jogo com pouca inspiração, o lateral-direito do Juventus foi responsável por criar a primeira e uma das raras oportunidades diante do Osasco Audax, em cobrança de falta que incomodou o goleiro adversário logo no início. Defensivamente, colaborou para que sua equipe não fosse vazada e saísse com um ponto do estádio Prefeito José Liberatti.

ZAGUEIRO
Sandoval (Oeste)
- Um dos favoritos ao acesso, o Oeste estreou com vitória e segurança defensiva diante do EC São Bernardo. Apesar das condições do campo, castigado pela forte chuva, Sandoval foi seguro. Levou um cartão logo no começo, o que poderia atrapalhar a sua atuação, mas não foi o que aconteceu. Fez bons desarmes e ajudou o time a não sofrer gols.

ZAGUEIRO
Jhonatan (Red Bull Brasil)
- O Toro Loko, com nova casa, em Bragança Paulista, deu um passo importante para deixar a campanha de 2020 no passado. Estreou com vitória por 2 a 0 diante do forte Taubaté. Jhonatan foi peça importante na parte defensiva para segurar o Burro da Central, pois teve atuação segura e bons desarmes.

LATERAL-ESQUERDO
Ronaell (XV de Piracicaba)
- O lateral foi uma das armas do XV na vitória sobre o Sertãozinho por 1 a 0. Sobretudo no primeiro tempo, em que o time da casa deu espaços para Ronaell aparecer com liberdade pelo setor. Saiu de campo sendo um dos mais regulares e comemorando os primeiros três pontos.

Cristiano (à direita). (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Brasil)
Cristiano (à direita). (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Brasil)
VOLANTE
Cristiano (Red Bull Brasil)
- Na estreia do Red Bull Brasil em Bragança Paulista, após a mudança definitiva de Campinas, a equipe começou o Paulista A2 com o pé direito ao vencer o Taubaté, pelo placar de 2 a 0.

Sem dúvidas, o principal destaque do Toro Loko foi o volante Cristiano. Além de ter dado dinamismo ao meio-campo, ele fez um dos gols do jogo em um chute de fora da área.

MEIA
Léo Ceará (Oeste FC)
- O meia foi um dos destaques do Oeste na vitória por 2 a 0 diante do EC São Bernardo. Além de ter feito o primeiro gol do clube e da Série A2, o jogador conseguiu desequilibrar a defesa adversária com bons passes em uma partida marcada pelas poças d'água em campo, que atrapalharam a fluidez do jogo.

MEIA
Luan Dias (Água Santa)
- Comandou o meio-campo do Netuno e trabalhou de perto com o trio de ataque: Dadá, Bambam e Lelê. No primeiro gol, ele recebeu passe de Bambam e deu um passe magistral para Dadá, que invadiu a área e deixou Bambam na cara do gol, sem goleiro, para marcar.

Léo Costa. Foto: Fabrizio Neitzke / Agência Briosa
Léo Costa. Foto: Fabrizio Neitzke / Agência Briosa
MEIA
Léo Costa (Portuguesa Santista)
- Não é a toa que veste a camisa 10 da Briosa. Na estreia no Campeonato Paulista da Série A2, Léo Costa mostrou oportunismo para abrir o placar ao aproveitar rebote em cabeçada de França e ainda foi garçom ao dar uma assistência perfeita para Maranhão marcar o segundo.

ATACANTE
Denilson (Rio Claro)
- Rio Claro e São Bernardo FC fizeram um jogo bastante movimentado, tanto que ficaram no empate por 2 a 2. O grande destaque do Galo Azul foi o atacante Denilson. Além de ter infernizado a defesa adversária durante os 90 minutos, o centroavante ainda marcou um golaço e deu uma assistência. No gol, ele roubou a bola do zagueiro e bateu de cavadinha na saída do goleiro.

Dadá Belmonte. (Foto: Michael Sanches / Água Santa)
Dadá Belmonte. (Foto: Michael Sanches / Água Santa)
ATACANTE
Dadá Belmonte (Água Santa)
- Ex-Ponte Preta, Dadá foi o motorzinho do Netuno na vitória por 2 a 0 no Velo Clube. Usou sua velocidade para dar uma assistência para o gol de Bambam e depois recebeu de volta o presente para deixar sua marca. Apesar de ser atacante, se movimentou muito e buscou a todo momento a bola no meio-campo, trabalhando bem com Luan Dias.

TÉCNICO
Sérgio Guedes (Água Santa)
- Com três integrantes na seleção, nada mais justo do que Sérgio Guedes comandar o time. Bem armado, o Netuno criou jogadas com facilidade, contra-ataques rápidos e passes de longa distância com precisão. Jogou bonito e mereceu a vitória, apesar de problemas defensivos, amenizados pela grande atuação do goleiro Oliveira.