Com 'ataque de respeito', Seleção FI da 23ª rodada do Brasileirão vem no 4-3-3

Rony, Luciano e Marinho deram o que falar e formam o trio ofensivo; Vina, do Ceará, um dos destaques do Brasileirão, comanda o meio

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - A 23ª rodada do Campeonato Brasileiro 'terminou' nesta segunda-feira - sem o jogo entre Grêmio x Flamengo. O Atlético Mineiro ficou na liderança, com 42 pontos, seguido por São Paulo, 41, Flamengo, 39, e Internacional, 37. Palmeiras, Santos e Grêmio também somam 37.
A Seleção FI da 23ª rodada foi montada com jogadores de respeito, principalmente no setor ofensivo. Rony, Luciano e Marinho deram o que falar e formam o trio. Vina, do Ceará, um dos destaques do Brasileirão, comanda o meio de campo.
O técnico escolhido para comandar a equipe é Abel Ferreira, que vem realizando um grande trabalho sob o comando do Palmeiras.
Em Salvador, o São Paulo fez 3 a 1 no Bahia
Em Salvador, o São Paulo fez 3 a 1 no Bahia

Confira a Seleção FI da 23ª rodada:

Goleiro: Jean (Atlético-GO)
Se o Internacional somou seu sexto jogo seguido sem vitória, o responsável ou o culpado foi Jean. O goleiro teve uma noite de paredão, muralha. Jean pegou todas as bolas que chegaram a seu gol. E mais! Ele parou o artilheiro do Brasileirão. Sim! O ex-goleiro do São Paulo defendeu o pênalti de Thiago Galhardo e garantiu o 0 a 0 em Goiânia.

Lateral-direito: Calegari (Fluminense)
Fluminense e Red Bull Bragantino fizeram um jogo bastante equilibrado na noite desta segunda-feira (30), no Estádio do Maracanã, pela 23ª rodada do Brasileirão. Um dos destaques do Tricolor Carioca foi o lateral-direito Calegari que ajudou tanto ofensivamente como defensivamente. Quando teve espaço ajudou o ataque e também foi bem nos desarmes.

Zagueiro: Arboleda (São Paulo)
Apesar de toda polêmica envolvendo seu nome, Arboleda voltou a fazer um belo jogo com a camisa do São Paulo. Foi seguro na defesa e ainda se aventurou ao ataque para marcar um dos gols do Tricolor, que começa a aparecer como grande candidato ao título.
O Palmeiras venceu o Athletico-PR por 3 a 0
O Palmeiras venceu o Athletico-PR por 3 a 0

Zagueiro: Victor Cuesta (Internacional)
Fez uma partida interessante no empate sem gols diante do Atlético Goianiense. O time do Inter não rendeu ofensivamente, mais uma vez, mas o defensor foi essencial para a equipe não sair derrotada. Faltou o gol para coroar a atuação.

Lateral-esquerdo: Viña (Palmeiras)
O lado esquerdo do Palmeiras vem dando trabalho aos adversário. Gustavo Scarpa e Viña estão jogando um futebol de tirar o chapéu. Contra o Athletico, o jogador tomou conta do setor, foi o líder de desarmes e contribuiu muito defensivamente, tanto que o Verdão não foi sequer ameaçado pelo Furacão.
Volante: Gabriel (Corinthians)
É o cão de guarda do Corinthians. Sob o comando de Vagner Mancini, Gabriel voltou a exibir boas atuações. Novamente correu por dois, marcou muito e deu total proteção aos defensores na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, no Couto Pereira. É o carregador de pianos da equipe.
O Vasco foi derrotado pela primeira vez na história pelo Ceará em São Januário
O Vasco foi derrotado pela primeira vez na história pelo Ceará em São Januário

Meia: Vina (Ceará)
Esse é outro que está pedindo espaço em um time considerado grande do futebol brasileiro e até mesmo na seleção brasileira. O meia está carregando o Ceará nas costas. Na vitória por 4 a 1 diante do Vasco da Gama, ditou o ritmo do jogo, deu uma linda assistência e ainda fechou a conta nos minutos finais.

Meia: Hyoran (Atlético-MG)
Foi o destaque da vitória do Atlético Mineiro por 2 a 1 para cima do Botafogo. O ex-palmeirense fez de tudo, marcou, criou ainda foi uma das principais armas do Galo. Há quem diga que ele é o 'Magic Hyoran' após a bela partida apresentada na última quarta-feira.

Atacante: Marinho (Santos)
Alô, Tite? Marinho está jogando o fino da bola no Campeonato Brasileiro e é um dos poucos jogadores que ainda não receberam chance na seleção brasileira. Mas está em mais uma seleção da rodada. O jogado fez um gol e deu uma assistência na vitória por 4 a 2 para cima do Sport. Segue sendo o principal homem de frente da equipe.

Fluminense e Red Bull ficaram no 0 a 0
Fluminense e Red Bull ficaram no 0 a 0

Atacante: Rony (Palmeiras)
Rony fez uma de suas melhores partidas com a camisa do Palmeiras. O atacante jogou como 'camisa 9' e foi logo balançando as redes em duas oportunidades no triunfo por 3 a 0 frente ao Athletico. Parece que enfim está se adaptando com a camisa alviverde, sob o comando de Abel Ferreira.

Atlético-GO e Internacional empataram sem gols
Atlético-GO e Internacional empataram sem gols

Atacante: Luciano (São Paulo)
Vive um grande momento com a camisa tricolor. Luciano fez logo dois gols no triunfo por 3 a 1 diante do Bahia, que deixou o São Paulo muito perto da liderança, um deles de bicicleta. Se fomos olhar dupla de ataque, Luciano e Brenner é a que mais chama atenção neste Brasileirão.

Técnico: Abel Ferreira (Palmeiras)
Vem realizando um grande trabalho no Palmeiras e, mesmo com o time desfalcado, conseguiu dominar o Athletico, de Paulo Autuori, e vencer por 3 a 0 com extrema facilidade. O Furacão não jogou