Primeira Seleção FI do mata-mata da Copa Paulista é dominada pela Portuguesa

Os comandados do técnico Fernando Marchiori, o Gordiola do Canindé, venceram o Nacional, por 1 a 0

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 29 (AFI) - A rodada de ida das quartas de final da Copa Paulista foi disputada integralmente neste final de semana - além de jogos no sábado (28), houve duas partidas neste domingo (29), data na qual aconteceu o segundo turno das eleições municipais.

O grande destaque foi a Portuguesa, o único visitante a vencer. A Lusa foi ao Nicolau Alayon, em São Paulo, e anotou 1 a 0. Autor do gol, o meia Rapahel Luz integra a Seleção FI - entre os lusitanos, ainda estão o técnico Fernando Marchiori e o lateral-esquerdo Vinícius Silva.


Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA - Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA
Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA


COMO ELES FORAM NO FINAL DE SEMANA?
Goleiro: João Gabriel (Osasco Audax)

Paredão! Além de ter feito grandes defesas durante a partida, o goleiro do Audax foi quem salvou o time de levar a virada contra a Portuguesa Santista. Aos 22 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o time Santista, que esbarrou em boa defesa do goleiro Audaxcioso, João Gabriel, no canto esquerdo.

Lateral-direito: Samoel (Osasco Audax)
O lateral foi o responsável pelo gol que fechou o placar em Osasco. Através de Samoel, que aproveitou a assistência de Guilherme Vieira e cabeceou sem chance de defesa, o Audax conseguiu a vitória no primeiro jogo das oitavas, contra a Portuguesa Santista.

Zagueiro: Rodrigo Sabiá (Comercial)
Sabiá foi muito importante para o empate do Comercial em 0 a 0 contra o Primavera, fora de casa. O zagueirão do time de Ribeirão Preto foi muito seguro durante toda a partida e impediu em algumas vezes que os adversários criassem chances reais de gol, cortando a bola com precisão.

Zagueiro: Geninho (Marília)
O defensor se destacou ao fazer um bom jogo - principalmente, no jogo aéreo. Demonstrou muita firmeza e precisão em campo atuando bem tanto pelo setor direito e também pelo lado esquerdo. Durante a partida, apareceu em momento importantíssimo ao cortar a trajetória da bola em contra-ataque puxado por Lucas Duni, atacante do Velo Clube.

Lateral-esquerdo: Vinícius Silva (Portuguesa)
A Lusa conseguiu um excelente resultado diante do Nacional e isso se deveu a diversos motivos, entre eles, a solidez defensiva. E o ala foi um dos destaques do setor, que pouco foi ameaçado pela Naça. Ainda apareceu bem à frente.

Meia: Reverson (Novorizontino)
Na tarde deste sábado, o elenco do Novorizontino que disputa a Copa Paulista foi até Diadema enfrentar o Água Santa, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição. A partida ficou empatada em 1 a 1. Quem abriu o placar foi o Tigre, com gol de Reverson, no início do jogo.

Vinicius Silva e Raphael Luz comemoram gol da Portuguesa (Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA) - Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA
Vinicius Silva e Raphael Luz comemoram gol da Portuguesa (Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA)
Meia: Rafael Luz (Portuguesa)
O meia da Portuguesa foi importantíssimo para a vitória da Lusa, fora de casa, sobre o Nacional. Jogando como um verdadeiro camisa 10, Rafael foi quem fez o único gol da partida e garantiu a vantagem do time no jogo da volta das oitavas da Copa Paulista.

Meia: Jhoninha (Ferroviária)
Mesmo sem ter marcado o gol afeano no triunfo por 1 a 0, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, foi o grande destaque na vitória grená sobre o Botafogo no Clássico Bota-Ferro. Com ótima movimentação e disposição, finalizou com perigo diversas vezes e poderia ter tido melhor sorte se caprichasse um pouquinho mais na batida. De qualquer forma, não apaga o grande desempenho.

Atacante: Lucas Duni (Velo Clube)
Apesar de não ter feito gols, o Galo Vermelho pressionou bastante o Marília, e esses lances tiveram o avançado como grande destaque. Aliás, ele vem sendo uma das principais peças rubro-verdes desde a campanha do título paulista da Série A3.

Atacante: Tito (XV de Piracicaba)
Um dos poucos lúcidos no time do XV de Piracicaba. Tito cheira a gol. Logo no primeiro minuto, quase fez de letra. Depois, teve tranquilidade para deixar o seu de pênalti. Tito sabe segurar a bola e sabe como ser vertical. Um grande centroavante.

Fernando Marchiori - Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA - Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA
Fernando Marchiori - Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA
Atacante: Luan Vianna (Portuguesa)
O centroavante lusitano foi essencial para a vitória do time, fora de casa. Entrando no segundo tempo, o jogador brigou muito pela bola área dentro área e viu Raphael Luz ter muita calma no rebote para finalizar rasteiro, no canto esquerdo do goleiro. Luan entrou muito bem na partida e teve outra chance, de fora da área, aos 35.

Técnico: Fernando Marchiori (Portuguesa)
Com um ótimo elenco para o nível da Copa Paulista, a Lusa vai mostrando que é uma das favoritas ao título - e, consequentemente, à vaga na Série D do Campeonato Brasileiro da Série D de 2021. Donos da melhor campanha na primeira fase, os rubro-verdes foram os únicos visitantes que triunfaram como visitantes na rodada de ida das quartas de final: 1 a 0 sobre o Nacional, no Nicolau Alayon.