Seleção FI do Brasileirão com Galhardo, Cavalieri e Rogério Ceni

O treinador do Fortaleza foi escolhido como o melhor da função nesta 14ª rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - A 14ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou nesta quinta-feira com o Atlético Mineiro na liderança, com 27 pontos, dois na frente do Internacional. O Flamengo tem 24, e o São Paulo fecha o G-4, com 23. O Palmeiras, que perdeu para o Botafogo, ficou em quinto, com 22.

A Seleção Futebol Interior novamente foi montada pelos grandes destaques da rodada e a artilharia é pesada, com nomes como Brenner, do São Paulo, Clayson, do Bahia e Pedro, do Flamengo. Sem contar Thiago Galhardo, que foi deslocado para o meio, mas está comendo muita bola na competição.

VEJA MAIS DOIS GOLS DE THIAGO GALHARDO

O técnico não poderia ser outro. Rogério Ceni levou a melhor contra Jorge Sampaoli e comandará a seleção da 14ª rodada. O treinador novamente vem realizando um grande trabalho no Fortaleza, que começa a sonhar com vaga na Libertadores.

Confira a Seleção FI da 14ª rodada do Brasileirão:

Cavalieri é o goleiro da seleção FI
Cavalieri é o goleiro da seleção FI

Goleiro: Diego Cavalieri (Botafogo)

Foi o destaque na vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Palmeiras. Se existe 'lei do ex' para o goleiro, Cavalieri fez acontecer nesta quarta-feira. Ele fez grandes defesas e ainda pegou um pênalti cobrado pelo atacante Willian, que impediu com que o Verdão empatasse o duelo. Foi ovacionado pelos torcedores nas redes sociais.

Lateral-direito: Ernando (Bahia)

Seguro na defesa, Ernando ainda foi um dos destaques ofensivos da vitória por 3 a 0 sobre o Vasco. No segundo gol, ele passou com tranquilidade por Bruno Gomes e serviu Gilberto, que não desperdiçou.

Zagueiro: Gustavo Henrique (Flamengo)

Gustavo Henrique voltou ao time titular do Flamengo e fez uma grande partida. Foi impecável no sistema defensivo, tanto que os jogadores do Sport pouco ameaçaram o goleiro Hugo. No ataque, o 'gigante' apareceu para marcar um belo gol de cabeça.

David Braz jogou muito pelo Grêmio
David Braz jogou muito pelo Grêmio

Zagueiro: David Braz (Grêmio)

O sistema defensivo foi um dos pontos fortes do Grêmio na vitória por 2 a 1 para cima do Coritiba. Quem apareceu com destaque foi o veterano David Braz. O jogador contribuiu muito com desarmes e ainda mostrou seu faro de artilheiro ao fazer o segundo gol do tricolor no duelo.

Lateral-Esquerdo: Bruno Melo (Fortaleza)

Mesmo com um a menos desde a expulsão de Felipe, ainda no primeiro tempo, o Fortaleza se desdobrou para vencer o líder Atlético-MG. O segundo gol foi marcado pelo lateral Bruno Melo, um dos grandes destaques da partida.

Meia: Hudson (Fluminense)

Hudson fez grande jogo na vitória do Fluminense por 4 a 2 diante do Goiás. O meia deu duas assistências para gol e foi muito participativo, tanto ofensiva quando defensivamente. Merece destaque pela grande atuação no estádio da Serrinha.

Meia: Gabriel Sara (São Paulo)

Participou dos três gols tricolores no 3 a 0 sobre o Atlético-GO. No primeiro, aos 46 minutos de jogo, cruzou, viu o goleiro Maurício Kozlinskidar rebote e Brenner mandar para dentro. Depois, no segundo, aos 19 da etapa final, o próprio Sara fez jogada individual e bateu com carinho para ampliar. Já na sequência, aos 25, cruzou rasteirinho, na medida para Brenner fechar o placar.

Thiago Galhardo marcou mais dois pelo Inter
Thiago Galhardo marcou mais dois pelo Inter

Meia: Thiago Galhardo (Internacional)

Meia de origem, Thiago Galhardo tem atuado como centroavante no Internacional e voltou a brilhar na rodada. Ele marcou os dois gols da vitória do Colorado pra cima do Red Bull Bragantino na noite desta quinta-feira, se isolando na artilharia do Brasileirão.

Atacante: Pedro (Flamengo)

Pedro novamente brilhou com a camisa do Flamengo. Desta vez, na vitória por 3 a 0 para cima do Sport. O atacante fez dois gols, o último um golaço. O atacante matou a bola no peito com extrema categoria, lembrando até mesmo o baixinho Romário, e jogou para o fundo das redes. São seis nos últimos cinco jogos.

Atacante: Clayson (Bahia)

Clayson: jogou muito bem
Clayson: jogou muito bem

Contestado após sua chegada ao Bahia, Clayson amargou um período no banco de reservas, mas vem crescendo de rendimento desde a chegada do técnico Mano Menezes. Nesta rodada, ele marcou um gol e deu uma assistência na vitória por 3 a 0 sobre o Vasco.

Atacante: Brenner (São Paulo)

Abriu e fechou a vitória tricolor, por 3 a 0, sobre o Atlético-GO. Aos 46 minutos do primeiro tempo, acompanhou a jogada e, atento, pegou o rebote do goleiro Maurício Kozlinskidar para mandar para o fundo do barbante. Já aos 25 da etapa final, se movimentou bem para receber cruzamento rasteirinho de Gabriel Sara e marcar mais um.

Técnico: Rogério Ceni (Fortaleza)

A vitória mais incrível da rodada foi a do Fortaleza. Mesmo com um jogador a menos, o time de Rogério Ceni bateu o líder Atlético-MG por 2 a 1. Mais uma vez, o treinador mostrou amadurecimento e deu uma prova de que está pronto para entrar de vez no mercado como uma boa opção para as principais equipes brasileiras. Será difícil o Fortaleza segurá-lo se continuar conquistando resultados como esse

Rogério Ceni é o treinador da rodada
Rogério Ceni é o treinador da rodada