Com técnico estreante e destaques de goleada, confira a Seleção FI da 6ª rodada da Série C

Essa verdadeira 'máquina' é comandada por Marcelo Martelotte, do Santa Cruz e tem dois representantes do Paysandu, que fez 6 a 1

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - A sexta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C foi sem dúvidas uma das mais equilibradas até o momento, tanto que dos nove jogos disputados, seis terminaram empatados. Mas, por outro lado, outros duelos se destoaram. Como o Paysandu que voltou a vencer com uma goleada por 6 a 1 em cima do Imperatriz-MA. Já o Santa Cruz, contou com a estreia do técnico Marcelo Martolotte, para conquistar a reabilitação diante do Remo e voltar a liderança do Grupo A.

Até por conta disso, a Seleção FI que reúne os melhores jogadores da 6ª rodada, vem comandada pelo próprio novo comandante do Santa Cruz e tem dois jogadores do Paysandu, que não tomou conhecimento do Imperatriz. O meia Alex Maranhão e o atacante Elielton, que marcaram dois gols cada na goleada, mereceram representar o Papão nesta 'verdadeira maquina de futebol' que ainda tem jogadores de Ituano, Vila Nova, São José, Criciúma, Manaus, São Bento e Ypiranga.

Vale lembrar, que a Seleção FI da 6ª rodada da Série C não irá contar com representantes do duelo entre Brusque-SC e Londrina-PR, afinal a partida foi remarcada para o começo de outubro, já que o time quadricolor disputou a grande final do Campeonato Catarinense e ficou com o vice-campeonato, diante da Chapecoense.

O Paysandu fez 6 a 1 no Imperatriz e foi o principal destaque da rodada e da Seleção FI
O Paysandu fez 6 a 1 no Imperatriz e foi o principal destaque da rodada e da Seleção FI

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 6ª RODADA DA SÉRIE C:
Maycon Cleiton (Santa Cruz);
Pacheco (Ituano), Rafael Donato (Vila Nova), Railson (Jacuipense) e Marcelo (São José);
Foguinho (Criciúma), Alex Maranhão (Paysandu) e Matheusinho (Manaus);
Elielton (Paysandu), Laércio (São Bento) e Fernandinho (Ypiranga).
Técnico: Marcelo Martelotte (Santa Cruz).


CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Maycon Cleiton (Santa Cruz) -
Além do gol marcado pelo zagueiro Elivelton, o arqueiro Tricolor pode ser apontado como o outro principal responsável pela vitória. Quando o placar ainda estava zerado e o jogo era dominado pelo Remo, a estrela do guarda-redes coral brilhou e ele fez, ao menos, três grandes defesas impedindo o pior. Além disso, quando os recifenses já tinham a vantagem no placar, fez boas intervenções, soube segurar o jogo e frear o ímpeto visitante.

Lateral-direito:
Pacheco (Ituano) -
O setor defensivo sofreu dois gols, é verdade. Mas um foi de pênalti e outro pelo lado esquerdo. Pacheco foi bem na marcação e, em diversar oportunidades, apareceu como elemento do Ituano no ataque. Tanto que conseguiu fazer o segundo gol da equipe, em chute muito forte dentro da área.

No empate por 2 a 2, Foguinho representa o Criciúma e Pacheco, o Ituano
No empate por 2 a 2, Foguinho representa o Criciúma e Pacheco, o Ituano

Zagueiro:
Rafael Donato (Vila Nova) -
Apesar do empate sem gols entre Botafogo-PB e Vila Nova-GO ter sido de poucas emoções, o zagueiro Rafael Donato foi um dos destaques do duelo, com a camisa do Tigre. Ele fez de tudo para que o ataque adversário não chegasse com perigo ao gol de sua equipe. O empate fora de casa, ajudou a equipe goiana a chegar a três jogos sem derrota e no G4 do Grupo A.

ZAGUEIRO:
Railon (Jacuipense) -
Mesmo jogando como mandante, o Jacuipense sofreu pressão do Ferroviário durante todo a partida. Afinal, o time cearense buscava retornar a liderança do Grupo A. Isso só não aconteceu por conta da boa atuação do zagueiro Railon, que ajudou demais o time baiano a sair com o empate e mais um ponto na tabela.

Lateral-esquerdo:
Marcelo (São José) -
Mesmo jogando em casa, o São José sofreu no primeiro tempo. O Boa Esporte conseguiu criar boas chances e só não marcou por conta da boa atuação do setor defensivo. Um dos destaques foi o lateral-esquerdo Marcelo, que foi preciso nos desarmes do seu lado do campo e também apareceu algumas vezes como homem supresa no ataque, com algumas boas bolas alçadas na área.

Volante:
Foguinho (Criciúma) -
As jogadas ofensivas sempre passaram pelos pés de Foguinho, que tem uma saída de bola muito boa, além do poder de marcação. No gol que evitou a derrota do Tigre diante do Ituano, foi ele quem ficou com a bola no meio-campo, dando passe rápido e preciso para clarear a jogada.

Meio-campo:
Alex Maranhão (Paysandu) -
O cérebro do meio-campo do Papão no jogo diante do Imperatriz. Além de ter infernizado a zaga do Imperatriz e auxiliado na formação de várias jogadas de perigo, coroou a sua boa atuação com dois gols. O primeiro, marcado através de um pênalti, abriu o placar do jogo e o caminho para a goleada bicolor. O segundo, já no na etapa final, ajudou a dar tranquilidade quando o Bicolor ainda buscava consolidar sua vantagem.

Mesmo com o time recheado de reservas, o São Bento empatou com a Tombense fora de casa
Mesmo com o time recheado de reservas, o São Bento empatou com a Tombense fora de casa

Meio-campo:
Matheusinho (Manaus) -
Apesar de ser atacante de origem, Matheusinho foi escalado como meio-campo da Seleção FI. Isso porque, o Gavião havia feito algumas mudanças no setor de criação no começo de segundo tempo que não surtiram efeito e ainda viu o Treze-PB pular na frente do placar. Tudo mudou após a entrada de Matheusinho, improvisado na função de camisa 10, que deu outro dinamismo ao meio-campo e ainda marcou o gol de empate do time manauara aos 52 minutos do segundo tempo.

Atacante:
Elielton (Paysandu) -
Após sair do banco de reservas, o atacante bicolor surpreendeu pela proatividade e por acreditar em todas as jogadas. Por conta da atitude, foi premiado com dois gols, os últimos da goleada por 6 a 1 sobre o Imperatriz. No primeiro, aproveitou falha clamorosa da zaga maranhense para marcar. No segundo, em grande jogada de velocidade, deixou o sistema defensivo do Cavalo de Aço na saudade e apenas teve o trabalho de estufar as redes.

Atacante:
Laércio (São Bento) -
O São Bento está sendo obrigado a se dividir entre a disputa das quartas de final do Paulista A2 e a Série C. Focado em conquistar o acesso para a elite estadual, o Bentão foi a campo nesta sexta rodada da competição nacional contra a Tombense, com um time rechado de reservas. Depois de sair atrás do placar, o time paulista aproveitou a expulsão de um jogador adversário e conseguiu empatar com Laércio. O atacante fez de cabeça, o gol que ajudou a equipe não sair com a derrota no interior de Minas Gerais.

Em sua estreia, Martelotte venceu o Remo e ajudou o Santa Cruz a retomar a liderança
Em sua estreia, Martelotte venceu o Remo e ajudou o Santa Cruz a retomar a liderança

Atacante:
Fernandinho (Ypiranga)
- Foi o principal jogador do Ypiranga na vitória por 2 a 1 para cima do Volta Redonda. Abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo e participou dos principais lances de gol da equipe. Ficou livre, ele chuta mesmo e mostrou isso frente ao Voltaço.

Técnico:
Marcelo Martelotte (Santa Cruz) -
O retorno ao Estádio do Arruda e a estreia do técnico Marcelo Martelotte no Santa Cruz não poderia ter sido melhor, afinal neste domingo (13) a equipe voltou a vencer na Série C do Campeonato Brasileiro, ao bater em um jogo grande contra o Remo, pelo placar de 1 a 0, e voltou a brigar pela liderança do Grupo A. Deu um verdadeiro 'nó tático' em Mazola Júnior.