Carrasco do Cruzeiro e times do G4 dominam Seleção FI da 8ª rodada da Série B

O camisa 9 dessa verdadeira 'maquina de futebol' é o atacante Léo Gamalho, que já marcou quatro gols contra a Raposa em 2020

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) - A oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B foi de tirar o fôlego, com grandes duelos. Paraná, Chapecoense e Ponte Preta aproveitaram a derrota do Cuiabá para ultrapassar a equipe que até então vinha sendo líder. Até por conta disso, essas três equipes e o CRB, que segue sendo o carrasco do Cruzeiro em 2020, dominaram a Seleção FI com os melhores jogadores desta rodada.

O camisa 9 dessa verdadeira 'maquina de futebol' é o atacante Léo Gamalho, que já marcou quatro gols contra a Raposa em 2020. A zaga vem forte com Matheus Ribeiro, da Chape, Luizão, da Ponte Preta, Hurtado, do Paraná e Igor, do CRB. O meio-campo, da Seleção FI que é comandada pelo técnico do Paraná, Allan Aal ainda tem os experientes Thiago Carleto e Renato Cajá.

O camisa 9 dessa verdadeira 'maquina de futebol' é o atacante Léo Gamalho, que já marcou quatro gols contra a Raposa em 2020
O camisa 9 dessa verdadeira 'maquina de futebol' é o atacante Léo Gamalho, que já marcou quatro gols contra a Raposa em 2020


CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 8ª RODADA DA SÉRIE B:
Bruno Grassi (CSA);
Matheus Ribeiro (Chapecoense), Luizão (Ponte Preta), Hurtado (Paraná) e Igor (CRB);
Gustavo Bochecha (Juventude), Sousa (Brasil de Pelotas), Thiago Carleto (Vitória) e Renato Cajá (Juventude);
Léo Gamalho (CRB), Júnior Todinho (Guarani) e Caio Dantas (Sampaio Corrêa).
Técnico: Allan Aal (Paraná).


VEJA COMO FOI A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Bruno Grassi (CSA) -
É verdade que o CSA empatou em casa, mas poderia ser pior. Só não foi por causa de Bruno Grassi. Ele evitou, pelo menos, três chances claras do Confiança. Grassi foi um dos destaques do CSA e da partida. Por causa dele, o CSA conseguiu pontuar.

Lateral-direito:
Matheus Ribeiro (Chapecoense) -
Em mais uma boa partida da Chapecoense, que bateu o rival Avaí na Arena Conda, o lateral foi fundamental tanto na defesa quanto no ataque. Além de conter os avanços adversários no seu setor, ele ainda iniciou a jogada do gol que decidiu a partida, marcado por Perotti.

Zagueiro:
Luizão (Ponte Preta) -
Apesar de contar com a sorte para vencer o Botafogo-SP por 1 a 0, com gol contra, a Ponte Preta teve consistência defensiva graças à dupla de zaga formada por Luizão e Wellington Carvalho, que vem mostrando bom entrosamento. Contratado junto ao Água Santa, o experiente Luizão, de 33 anos, vem mostrando que tem futebol para se estabelecer como um dos destaques da Macaca na Série B.

Em Campinas, a Ponte Preta venceu o Botafogo-SP e segue no G4
Em Campinas, a Ponte Preta venceu o Botafogo-SP e segue no G4
Zagueiro:
Hurtado (Paraná) -
Mesmo jogando fora de casa, na abertura da rodada, o Paraná conseguiu um grande resultado diante do Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli para embalar a segunda vitória seguida e assumir a liderança isolada da Série B. No duelo vencido por 1 a 0, o setor defensivo do time paranaense foi essencial e o zagueiro Hurtado foi um dos destaques, com desarmes perfeitos e uma marcação serrada.

Lateral-esquerdo:
Igor (CRB)
- Igor foi a principal válvula de escape do CRB na partida contra o Cruzeiro e ainda anulou as descidas do adversário pelo seu setor. Ele foi peça fundamental do time de Marcelo Cabo no empate por 1 a 1 em pleno Mineirão.

Volante:
Gustavo Bochecha (Juventude) -
Contratado junto ao Botafogo com status de titular absoluto, Gustavo Bochecha ainda não conseguiu se firmar no Juventude, mas nessa rodada deu sinais de que tem muito potencial. Ele entrou no segundo tempo para garantir a vitória por 3 a 1 sobre o Oeste e ainda marcou o terceiro gol.

Volante:
Sousa (Brasil de Pelotas) -
A função dele é defender, mas se derem brecha ele manda para o gol. Foi isso que aconteceu em Pelotas. A zaga do Náutico abriu e Sousa, do meio da rua, fez um golaço.

A Chapecoense venceu o clássico contra o Avaí e assumiu a vice-liderança
A Chapecoense venceu o clássico contra o Avaí e assumiu a vice-liderança
Meio-campista:
Thiago Carleto (Vitória) -
Tem sido participativo no meio-campo do time baiano. Participou do primeiro gol, quando cobrou falta violenta e o goleiro deu rebote, depois marcou o terceiro gol em cobrança de pênalti, sem chances de defesa. Tem sido efetivo.

Meio-campista:
Renato Cajá (Juventude) -
O experiente Renato Cajá segue sendo a cabeça pensante do meio de campo do Juventude. Quando o jogo contra o Oeste ainda estava empatado sem gols, foi dos pés dele que saiu o lançamento na medida para Breno Lopes abrir o placar.

Atacante:
Léo Gamalho (CRB)
- Figura cativa na Seleção da Rodada, Léo Gamalho fez por merecer mais uma vez. Ele marcou o gol de empate por 1 a 1 com o Cruzeiro em pleno Mineirão e é o artilheiro isolado da competição, agora com sete gols. Esse já foi o quarto gol do ‘Ibra do Nordeste’ sobre o Cruzeiro em 2020. Os outros três foram pela Copa do Brasil.

Atacante:
Júnior Todinho (Guarani) -
O Guarani voltou a vencer após quatro jogos graças a Júnior Todinho. O atacante fez os dois gols na virada do Bugre, por 2 a 1, sobre o Operário. No primeiro, ele encheu o pé e no segundo fez de cabeça. Todinho chegou a três na Série B.

Júnior Todinho marcou dois gols e ajudou o Guarani a conquistar a reabilitação
Júnior Todinho marcou dois gols e ajudou o Guarani a conquistar a reabilitação
Atacante:
Caio Dantas (Sampaio Corrêa) -
Protagonizou as principais oportunidades de gol do Sampaio Corrêa e conseguiu marcar o único tento da equipe que venceu a primeira no Campeonato Brasileiro da Série B. Rápido, não deu sossego para a defesa do América-MG.

Técnico:
Allan Aal (Paraná) -
Com mais uma vitória, dessa vez por 1 a 0 sobre o Figueirense, o jovem treinador tem levado o Paraná à liderança da Série B e se estabelecido como um dos favoritos ao acesso. Em sua primeira Série B, Allan Aal já aproveita a vitrine para se colocar no mercado nacional como uma boa opção. Resta saber se seguirá realizando o bom trabalho até o final da competição.