Bem diversificada, confira a Seleção FI da 13ª rodada do Paulista A3

Neste final de semana foi concluída a 13ª e antepenúltima rodada e você confere agora a Seleção FI, que vem composta por nova times

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - O Campeonato Paulista Série A3 está com a primeira fase na reta final. Neste final de semana foi concluída a 13ª e antepenúltima rodada e você confere agora a Seleção FI, que vem bem diversificada, composta por nove times. E armada no esquema 4-3-3.


Douglas (Nacional);

Felipinho
(Rio Preto), Islan (Linense) , Ian (Batatais), Renan (Noroeste);

Douglas Netto
(Capivariano), Rodolfo (Paulista) e Marcelinho (Primavera);

André Martins
(Capivariano), Léo Mineiro (Paulista) e Biro Paraíba (Comercial).

Técnico: Oliveira.


Douglas, na defesa do pênalti
Douglas, na defesa do pênalti

GOLEIRO
Douglas (Nacional)
- O EC São Bernardo já entrou classificado e isso poderia explicar porque o jogo terminou sem gols, mas não foi bem isso o que aconteceu.

Se o placar terminou zerado, foi muito por conta da atuação de Douglas, que fez várias defesas importantes ao longo do jogo. A principal delas foi a do pênalti cobrado por Iago. Logo na estreia pelo Naça, já entrou na Seleção FI.


LATERAL-DIREITO
Felipinho (Rio Preto)
- Revelado nas categorias de base do Rio Preto, Felipinho acabou comprado pela Tombense e agora voltou a jogar pelo Jacaré, emprestado. No duelo deste sábado (26) contra o Batatais que terminou zerado, o ala direito foi um dos grandes destaques da equipe alviverde. Mesmo sob forte calor em São José do Rio Preto, o jovem jogador apoiou bastante o ataque e foi impecável na defesa.

ZAGUEIRO
Islan (Linense)
- O zagueiro de 23 anos já completou 12 jogos com a camisa do Linense e se mostrou muito seguro novamente. Em um confronto bem complicado com o Olímpia, duelo de G8, ajudou a equipe a vencer por 2 a 1, completando três jogos sem derrotas, sendo dois triunfos.

Filipinho foi destaque do Rio Preto
Filipinho foi destaque do Rio Preto

ZAGUEIRO
Ian (Batatais)
- Sem dúvidas o grande destaque do Batatais no empate sem gols com o Rio Preto, foi o zagueiro Ian. Ele cumpriu muito bem a missão de parar o atacante Gabriel Barcos, que vem sendo o artilheiro do estadual. Além de ter ido bem na defesa, também apareceu algumas vezes como homem surpresa na área adversária, para tentar marcar de cabeça.

LATERAL-ESQUERDO
Renan (Noroeste)
- Consistente defensivamente e responsável por boa parte das jogadas ofensivas da equipe. Por muito pouco não marcou seu gol em oportunidade defendida pelo goleiro adversário no primeiro tempo.


MEIA
Douglas Netto (Capivariano)
- Fez uma boa dobradinha com André Martins. Douglas Netto deu assistência para gol do artilheiro da rodada e também mostrou que conhece o caminho das redes ao anotar seu próprio tento.

Rodolfo. Foto: Gustavo Amorim/Paulista
Rodolfo. Foto: Gustavo Amorim/Paulista

MEIA
Rodolfo (Paulista)
- Foi o motorzinho do time na partida. O meia não desistiu de nenhuma jogada e foi muito recompensado.

No lance do gol da virada, Rodolfo fez jogada individual e chutou para a defesa do goleiro, que deu rebote.
Em outro lance, ele buscou a bola quando todos desistiram e tocou para Everton, que perdeu grande chance. O companheiro se redimiu depois, marcando o gol da vitória.
MEIA
Marcelinho (Primavera)
- Apesar da derrota do time para o Comercial, por 3 a 2, o meia Marcelinho conseguiu se destacar no Fantasma. As principais chances do time passou pelos pés dele, que organizou bem o meio-campo. Contribuiu diretamente no placar com uma assistência magistral. De três dedos, ou trivela, se preferir, lançou a bola nas costas da zaga para Thiago Nonato abrir o placar.


ATACANTE
André Martins (Capivariano)
- Só não fez chover no calor de Capivari. O atacante marcou três gols e destruiu o Marília. André Martins mostrou faro de gol e garantiu mais uma vitória ao Capivariano que chega forte ao mata-mata.

ATACANTE
Léo Mineiro (Paulista)
- O experiente atacante foi fundamental em um momento decisivo do Paulista. Na luta contra o rebaixamento, o time saiu perdendo para o Desportivo Brasil, mas o jogador empatou no fim do primeiro tempo, de pênalti. O gol motivou o time, que conseguiu virar ainda antes do intervalo. Com a vitória, por 3 a 2, o Galo do Japi continua respirando, por aparelhos, mas respirando.

Técnico Oliveira. Foto: Gustavo Amorim/Paulista
Técnico Oliveira. Foto: Gustavo Amorim/Paulista

ATACANTE
Biro Paraíba (Comercial)
- Com dois gols, foi o destaque do Comercial nesta rodada. Ganhou a condição de titular devido ao bom jogo que fez contra o Noroeste.

Atuou bem aberto pelas pontas, fazendo grandes jogadas. O segundo tento foi na base do sacrifício, pois já estava bem desgastado.


TÉCNICO
Oliveira (Paulista)
- A situação ainda continua bem complicada, mas ninguém poderá dizer que o Paulista não está lutando.

A equipe saiu atrás do placar fora de casa, mas teve tranquilidade para virar ainda no primeiro tempo. Mesmo com outro empate, o técnico Oliveira mexeu bem na equipe, que continuou lutando até o final, achando o gol da vitória já nos últimos minutos. O Galo segue vivo!