Última seleção FI da primeira fase do Paulistão tem ataque 'matador' e técnico Tigrão

Felipe Conceição será o comandante da seleção por ter colocado o RB Bragantino na primeira colocação

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 26 (AFI) - A Primeira Fase do Campeonato Paulista enfim terminou na tarde deste domingo. A principal surpresa foi a classificação do Corinthians, que já era dada como eliminado, além da campanha do Red Bull Bragantino, este terminou com a primeira colocação na classificação geral.

A última Seleção FI da Primeira Fase foi montada de forma ofensiva, com quatro atacantes. São eles: Bruno Rodrigues, Marinho, Bruno Mezenga e Guilherme Queiroz, este recuado para o meio de campo devido toda sua experiência no futebol.

O técnico escolhido para comandar a equipe foi Felipe Conceição, que vem realizando um grande trabalho no Red Bull Bragantino. A primeira posição no geral já diz muita coisa.

Confira a seleção FI da 12ª rodada:

Goleiro: Tiago Volpi (São Paulo)

Único titular escalado por Fernando Diniz acabou sendo o ponto de desequilíbrio na vitória sobre o Guarani, por 3 a 1, na Vila Belmiro. Fez três grandes defesas no primeiro tempo e mais duas no segundo, impedindo que o time de Campinas chegasse à classificação às quartas de final do Paulistão.

Lateral-direito: Marcos Rocha (Palmeiras)

Fez uma partida regular na vitória contra o Água Santa por 2 a 1. Foi a melhor opção de escape do time de Vanderlei Luxemburgo neste domingo. Foi dos seus pés que o Palmeiras iniciou a reação após ter saído atrás do placar. Marcos Rocha deu assistência para Ramires empatar. Luiz Adriano virou logo depois.

Avelar vem jogando muito pelo Corinthians
Avelar vem jogando muito pelo Corinthians

Zagueiro: Danilo Avelar (Corinthians)

Da lateral para a zaga. Jogar ao lado de Gil faz uma grande diferença, tanto é verdade que o ex-camisa 6 tem se dado muito bem na zaga. Foi dele o primeiro gol do Corinthians na vitória sobre o Oeste. Alto, Avelar subiu mais do que todo mundo e ainda garantiu lá trás.

Zagueiro: Léo Rigo (Ituano)

A defesa do Ituano poderia ter feito uma partida perfeita se não fosse o gol contra marcado por Sueliton. Então, o ponto positivo ficou para Léo Rigo, que não deixou a 'peteca' cair e acabou muito regular. Foi um dos pilares no triunfo por 3 a 1 diante do Santo André.

Lateral-esquerdo: Edimar (Red Bull Bragantino)

O jogador fez uma partida bem interessante na vitória do Red Bull Bragantino por 2 a 0. Ganhou todas do setor e, além de ir muito bem defensivamente, apoiou o ataque, deixando o time da Inter perdido em muitas jogadas. Merece destaque, até porque deu uma bela assistência para gol.

Corrêa é o capitão da seleção FI
Corrêa é o capitão da seleção FI

Volante: Corrêa (Ituano)

Corrêa, de fato, é igual vinho. Ele tem anos e anos de estrada e mesmo assim não perde a categoria. Corrêa ajudou o Ituano o quanto pôde em casa e colocou alguns garotos no bolso. Ele ainda mostrou toda a sua experiência para abrir o marcador em cobrança de pênalti.

Meia: Fellipe Mateus (Ferroviária)

Jogou muita bola na tarde deste domingo. Deu duas belas assistência e foi o motorzinho da equipe de Araraquara na vitória por 2 a 0. Foi um verdadeiro maestro, carimbando assim uma vaga na seleção FI.

Meia: Guilherme Queiroz (Novorizontino)

Guilherme Queiroz jogou contra o Santos de uma forma mais recuado e acabou se destacando. O meia-atacante deixou o seu e deu uma assistência na vitória do Novorizontino por 3 a 2. Foi o principal nome do Tigre, que caiu na primeira fase do Paulistão de cabeça erguida.

Bruno Mezenga deu show neste domingo
Bruno Mezenga deu show neste domingo

Atacante: Bruno Mezenga (Ferroviária)

Bruno Mezenga não deixou a Ferroviária correr riscos na última rodada. O atacante marcou os dois gols da Ferrinha sobre a Inter de Limeira. No primeiro, ele desviou de cabeça e no segundo encheu o pé para garantir o triunfo grená.

Atacante: Marinho (Santos)

O Santos sofreu a virada por 3 a 2 para o Novorizontino neste domingo, mas Marinho foi um dos destaques da partida. O atacante marcou os dois gols da equipe praiana e foi a melhor opção de Jesualdo Ferreira. O Peixe, no entanto, caiu de produção quando perdeu Uribe, expulso. Marinho nada pôdde fazer.

Atacante: Bruno Rodrigues (Ponte Preta)

Marcou o gol histórico na vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol. Além disso, foi o jogador que mais se movimentou, mais procuro o jogo e que lutou até o fim. No primeiro tempo já tinha mandado uma bola no travessão, como prenúncio de que poderia decidir o jogo. Não deu outra. Livrou a Macaca do rebaixamento e ainda a colocou nas quartas de final.

Técnico: Felipe 'Tigrão' Conceição (Red Bull Bragantino)

Nada mais justo! Afinal de contas, a 'Linguiça Voadora' retornou da paralisação com o pé no acelerador. Venceu o São Paulo, em pleno Morumbi, e não teve dificuldades para fazer 2 a 0 no Botafogo e garantir a melhor campanha geral da primeira fase.

Destaque também para João Brigatti, da Ponte Preta,que em duas rodadas conquistou duas vitórias. Com isso, além de livrar o time do rebaixamento ainda o colocou nas quartas de final.

Felipe Conceição levou o Braga à primeira posição
Felipe Conceição levou o Braga à primeira posição