Seleção da Rodada do PAULISTÃO ofensiva, no 4-3-3 e com apenas um volante

Rodada inaugural superou as expectativas com várias goleadas e um total de 24 gols em oito jogos, com média de três por jogo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) – O Campeonato Paulista está de volta, e com ele volta também a tradicional Seleção da Rodada do Futebol Interior. Logo na primeira rodada do principal estadual do país, Guarani e Palmeiras se destacaram com goleadas por 4 a 0 e formam a base da Seleção. Outros dois grandes venceram - Corinthians e São Paulo - que jogaram em casa.

OLHE O HAT-TRICK DO CRAQUE DA RODADA !

DESTAQUES DO INTERIOR
No Interior, destaque para a vitória do Novorizontino, que passou be pelo Oeste por 2 a 0. O Mirassol também conquistou importante empate coma ferroviária, em Araraquara, e melhor resultado conquistou o Santo André em Campinas ao bater a Ponte Preta, por 3 a 2.

CRAQUE DA RODADA
Com uma rodada repleta de gols (24 no total) o time teria que ser armado de maneira ofensiva. Tanto que aparece no esquema tático 4-3-3, com apenas um volante , dois meias e três atacantes.

Com três gols, fazendo o popular Hat-Trick, Boselli foi eleito o Craque da Rodada.

O 'novo' Boselli sob comando de Tiago Nunes
O 'novo' Boselli sob comando de Tiago Nunes

Confira a Seleção da 1ª Rodada do Campeonato Paulista:

Goleiro: Caíque França (Oeste)

Mesmo com a derrota para o Novorizontino, o garoto formado na base do Corinthians foi o principal destaque em Novo Horizonte. Ele fez, pelo menos, oito boas defesas, evitando uma goleada para o time de Barueri.

Pegou duas bolas incríveis do veterano Thiago Ribeiro; uma falta batida com maestria por Bruno Aguiar e mais duas cabeçadas. alguém pode alegar que levou um gol entre as pernas (marcado por Higor Leite), mas o chute foi no seu contrapé. Um motivo a mais para vestir a camisa 1 da Seleção FI. Mereceu !!!

Lateral-direito: Marcos Rocha (Palmeiras)

O lateral começou muito bem a temporada. Além de marcar o primeiro gol do Palmeiras no ano e abrir caminho para a goleada por 4 a 0 sobre o Ituano, ainda participou da maioria das jogadas de ataque e deu uma assistência para Zé Rafael.

Palmeiras mostrou alto nível técnico
Palmeiras mostrou alto nível técnico
Zagueiro: Romércio (Guarani)

Seguro na defesa, o zagueiro também mostrou faro de gol quando se aventurou ao ataque e aproveitou cruzamento de Bidu para marcar o segundo gol do Guarani na goleada contra a Inter de Limeira.

Zagueiro: Tiago Alves (Mirassol)

Com a tarja de capitão ganhou moral e se transformou no grande xerifão da defesa. Acabou sendo fundamental na estratégia do técnico Catalá, que compactou sua defesa para explorar os contra-ataques.

Lateral-Esquerdo: Lucas Piton (Corinthians)

O garoto não facilitará a vida do gordinho Sidcley. Lucas Piton tem a confiança de Tiago Nunes e tem mostrado todo seu potencial em campo.

Tanto é verdade que começou como titular. No primeiro gol do Corinthians, aliás, ele começou a jogada ao tocar para Ramiro. Boselli completou. Piton pede passagem e Tiago Nunes sabe disso. A Fiel agradece, ainda mais após sofrer com Danielo Avelar.

Volante: Adilson Goiano (Novorizontino)

Acabou sendo um termômetro para que o time tivesse a calma necessária para chegar aos gols e garantisse sua primeira vitória nesta temporada. Marcou muito bem, não errou passes e ainda deu a assistência para o primeiro gol.

Novorizontino mostrou ter um conjunto forte e unido
Novorizontino mostrou ter um conjunto forte e unido

Meia: Branquinho (Santo André)

A sua experiência foi importante para a organização do meio-campo do Ramalhão, principalmente no começo do segundo tempo quando a Ponte Preta ameaçou uma pressão. Além disso, marcou um gol que deu moral à equipe. Ele caiu bem no esquema armado pelo técnico Paulo Roberto Santos.

Meia: Daniel Alves (São Paulo)

O experiente lateral do São Paulo, que vem jogando como meia, mostrou que ainda tem ritmo para comandar o time em mais uma temporada. Ele foi o principal articulador da equipe e marcou o segundo gol na vitória sobre o Água Santa.

Atacante: Artur (Bragantino)

Santos sofreu com ataque do Bragantino
Santos sofreu com ataque do Bragantino

Parece que a direção do clube fez uma aposta certa, buscando o atacante no Palmeiras. Ele foi o mais perigoso na Vila Belmiro, levando perigo à toda defesa santista. Ele realmente é acima da média e se destacou no empate com o Peixe. Foi bem acompanhado por Claudinho, que manteve o seu bom nível técnico.

Atacante: Mauro Boselli (Corinthians)

Ele está mais solto. Sem as amarras de Fábio Carille, o atacante tem feito o seu papel. Sob a batuta do ofensivo Tiago Nunes, o atacante tem jogado mais e feito gols.

Nesta quinta-feira, na estreia do Corinthians, ele foi o nome da partida. Também pudera! Boselli anotou três gols na vitória por 4 a 1 sobre o Botafogo. É um novo Boselli. Um novo Corinthians.

Atacante: Júnior Todinho (Guarani)

O novo atacante do Guarani já deixou sua marca duas vezes logo na estreia. Na primeira partida com a camisa do Bugre, ele marcou os dois últimos gols da goleada por 4 a 0 sobre a Inter de Limeira, em pleno Limeirão.

Técnico: Paulo Roberto Santos (Santo André)

Mesmo com poucos recursos conseguiu formar um grupo capaz no time do ABC, de volta à elite do futebol estadual.

Especificamente neste jogo contra a Ponte Preta, ele compactou seu time na defesa e soube explorar a velocidade nos contra-ataques, matando as estratégias de Gilson Kleina, da Ponte Preta. Ao final do jogo ele resumiu o que aconteceu em campo.

"Compactamos atrás para sair em velocidade. No segundo tempo, o time cansou um pouco, mas fizemos as substituições no meio campo, com as entradas de Paulinho, Rondinelly e Guilherme Garré, que deram mais força e pudemos chegar à vitória", falou.