Após vitória importante contra o Paraná, Atlético-GO domina Seleção FI da Série B

A antepenúltima rodada confirmou o título do Bragantino, que está representado pelo atacante Claudinho

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - A 36.ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B confirmou o esperado. Após liderar a tabela de classificação praticamente de ponta a ponta, o Bragantino empatou com o Criciúma e garantiu o título.

Apesar disso, o grande destaque do final de semana foi o Atlético Goianiense, que recebeu o Paraná, em confronto direto pelo G4, venceu por 1 a 0 e emplacou três nomes na Seleção FI. O Massa Bruta, por outro lado, emplacou o atacante Claudinho.

O técnico escolhido para comandar a equipe foi Eduardo Barroca, que está próximo de colocar o Atlético Goianiense na elite do futebol brasileiro.


Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação


Confira a Seleção FI da 36ª rodada da Série B:

Goleiro: Rafael Santos (Vila Nova)
Rafael Santos tem feito a diferença para o Vila Nova. O Tigre só não foi rebaixado por causa da atuação do goleiro. Mais uma vez, fez importantes defesas e saiu de campo como o grande herói no empate sem gols diante do Sport, em plena Ilha do Retiro.

Lateral-direito: Daniel Borges (CRB)
Fez uma grande partida na vitória do CRB por 2 a 0 para cima da Ponte Preta. Ele tomou conta do lado direito e ainda criou boas oportunidades de gol. Ele foi quem iniciou a jogada, que terminou com o tento marcado por Lucas Siqueira. Deu uma canseira em Guilherme Guedes, que acabou substituído por Arnaldo.

Zagueiro: Diego Jussani (Vila Nova)
O Tigre está muito próximo de ser rebaixado para a próxima edição da Série C. No entanto, neste domingo, evitou o acesso do Sport, que não conseguiu sair de um empate sem gols em plena Ilha do Retiro. Um dos responsáveis foi o experiente defensor, que parou a pressão rubro-negra com bom posicionamento e atenção.

Eduardo Barroca - Foto: Divulgação
Eduardo Barroca - Foto: Divulgação

Zagueiro: Luiz Gustavo (Guarani)
Com 1 a 0 a seu favor no placar, o Guarani teve que jogar os 30 minutos finais da partida contra o Operário Ferroviário com um jogador a menos. Foi difícil segurar, mas atuação sólida de Luiz Gustavo facilitou as coisas e a defesa soube se organizar bem para garantir a vitória, resultado que eliminou qualquer chance de o time campineiro ser rebaixado para a terceira divisão nacional.

Lateral-esquerdo: William Matheus (Coritiba)
O Coxa está próximo de retornar à elite do futebol brasileiro depois da vitória por 1 a 0 diante do Oeste em casa. Se o ataque não funcionou desta vez, o lateral William Matheus resolveu a questão deixando sua marca. Além de apoiar o ataque, ele ainda foi bem defensivamente, impedindo ataques promissores do adversário.

Volante: Juninho (América-MG)
Juninho foi essencial para a vitória do América-MG sobre o Vitória, por 2 a 1. Além da efetividade na marcação no meio-campo, o volante marcou o segundo gol, mantendo o Coelho vivo na briga pelo acesso à elite.

Meia: Jorginho (Atlético-GO)
O Atlético-GO segue na briga pelo acesso, mas apesar de não ter apresentado ótimo futebol, vanceu o Paraná, por 1 a 0, em Goiânia. O gol da vitória saiu apenas aos 32 minutos da etapa final, quando Jorginho deu ótima assistência para Matheusinho, que mandou para as redes. Jorginho é um dos grandes nomes do Dragão, mantendo sempre a regularidade.

Meia: Matheuzinho (Atlético-GO)
O Dragão deu importante passo para conquistar o acesso ao vencer o confronto direto, em casa, sobre o Paraná - muito por conta de Matheuzinho. Primeiro, ele foi derrubado na área, mas Raul desperdiçou a cobrança. Depois, aos 32 minutos, recebeu de Jorginho e acertou belo chute para marcar o gol do triunfo.

Atacante: Claudinho (Bragantino)
Mesmo com Morato tendo marcado o gol do título alvinegro, Claudinho é quem se destacou. Ativo, pediu a bola e acionou os companheiros sempre que possível. Sua importância para a equipe bragantina é evidente: são nove gols e dez assistências na campanha da Série B.

Uillian Correia (e), Antônio Carlos Zago (c) e Claudinho (d) - Foto: Lucas Bettine
Uillian Correia (e), Antônio Carlos Zago (c) e Claudinho (d) - Foto: Lucas Bettine

Atacante: Zé Roberto (São Bento)
Foi dos pés do atacante que o São Bento empatou o jogo e posteriormente virou o placar, na vitória do time de Sorocaba sobre o Brasil de Pelotas, por 3 a 1, no interior de São Paulo. Zé Roberto foi ativo durante os 90 minutos e mostrou categoria quando recebeu passe e ficou na cara do gol.

Atacante: Willie (CRB)
Fez uma boa partida na vitória por 2 a 0 para cima da Ponte Preta. Chegou a marcar dois gols, mas ambos foram anulados pela arbitragem. O jogador ainda contribuiu com uma assistência. Teve atuação destacada em mais um triunfo do Galo na Série B do Campeonato Brasileiro.

Técnico: Eduardo Barroca (Atlético-GO)
O Atlético chegou em um momento decisivo da competição e não tem desapontado. No confronto direto contra o Paraná, em jogo que poderia deixar o time fora da zona de rebaixamento, Eduardo Barroca conseguiu montar uma equipe eficaz, que abriu o placar e se fechou para assegurar o resultado e encaminhar o acesso.