São Caetano e Mirassol dominam a Seleção FI da Copa Paulista

Azulão e Leão emplacaram três representantes cada no time ideal da segunda rodada da terceira fase

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - A segunda rodada da terceira fase da Copa Paulista foi disputada na última quarta-feira, com jogos para todos os gostos. Teve empate suportado na marra pelo EC São Bernardo diante do Comercial, goleada por 4 a 0 do São Caetano em clássico com o Santo André e virada por 2 a 1 do Mirassol para cima da Ferroviária, além da vitória por 2 a 0 do XV sobre o Linense.

Nesta edição da Seleção da Rodada do Futebol interior, os times com mais representantes são Mirassol e São Caetano, cada um com três representantes. Ferroviária, Linense e Santo André ficaram de fora do time.

Confira a seleção FI da segunda rodada:

Júnior Souza (EC São Bernardo);

Alex Reinaldo (São Caetano), Dema (EC São Bernardo), Gut (Comercial) e Peri (XV de Piracicaba);

Mazinho (São Caetano), Leonai (Comercial) e Jean Dias (São Caetano);

Claudinho (Mirassol), Raphael Macena (XV de Piracicaba) e Rafael Silva (Mirassol).

Técnico: Ricardo Catalá (Mirassol).

________________________________________________________________________________

Raphael Macena se destacou pelo XV de Piracicaba. (Foto: Divulgação / XV de Piracicaba)
Raphael Macena se destacou pelo XV de Piracicaba. (Foto: Divulgação / XV de Piracicaba)

Goleiro: Junior Souza (EC São Bernardo)
Simplesmente foi o nome do jogo. Novamente foi fundamental para que o EC São Bernardo saísse sem tomar gol, já que fez quatro defesas espetaculares diante da pressão do time do Comercial em praticamente todo o jogo. Ele só sofreu oito gols durante a competição.

Lateral-direito: Alex Reinaldo (São Caetano)
Foi o principal articulador do São Caetano na goleada por 4 a 0 para cima do Santo André. Apesar de jogar como lateral, ele participa efetivamente da criação das jogadas. Foi fundamental na vitória do Azulão ao contribuir com duas assistências. É um dos líderes da equipe.

Zagueiro: Dema (EC São Bernardo)
O EC São Bernardo sofreu muito diante do Comercial, presente no campo de ataque a todo momento. Por isso, Dema teve bastante trabalho. Apesar de ter tomado sufoco, se comportou bem e teve boas participações na hora de interceptar as investidas adversárias.

São Caetano emplacou três nomes na Seleção da Rodada. (Foto: Fabrício Cortinove / AD São Caetano)
São Caetano emplacou três nomes na Seleção da Rodada. (Foto: Fabrício Cortinove / AD São Caetano)

Zagueiro: Gut (Comercial)
Sempre como muita vontade, o capitão exerce com naturalidade a função de líder dentro de campo, comandando uma defesa que foi muito bem contra o EC São Bernardo. Com a segurança dada por Gut e os demais lá atrás, o time comercialino teve tranquilidade para atacar, ainda que não tenha aproveitado as oportunidades.

Lateral-esquerdo: Peri (XV de Piracicaba)
Desde que fez sua estreia pelo XV, o lateral não saiu mais. Tem bom passe, e vem se destacando muito na marcação. Mais uma vez deu conta do recado e ajudou o clube em mais uma vitória, tomando conta do setor esquerdo na vitória por 2 a 0 contra o Linense.

Volante: Mazinho (São Caetano)
É o 'cão de guarda' do sistema defensivo do São Caetano. O volante fez grande partida contra o Sandro André, correu por dois e ainda deixou sua marca. Dá total segurança para a defesa e tem tomado conta do meio de campo, tanto que ganhou todas as disputas com os atletas do Ramalhão.

Volante: Leonai (Comercial)
Apesar da falta de pontaria, o Comercial fez um jogo muito ofensivo contra o EC São Bernardo, sem correr riscos lá atrás. Muito disso em razão da atuação consistente de Leonai, que dificultou a vida dos adversários com boa marcação, além de ter sido importante na transição.

Meia: Jean Dias (São Caetano)
A vitória do São Caetano sobre o rival Santo André deixou uma boa impressão na torcida e Jean Dias foi um dos atletas que se destacou na partida. Com bom passe, ele criou diversas oportunidades para os companheiros finalizarem e ainda marcou seu gol em um belo chute da entrada da área.

Atacante: Claudinho (Mirassol)
Desequilibrou a favor do Mirassol na vitória por 2 a 1 diante da Ferroviária, em plena Arena da Fonte Luminosa. O atacante deixou o seu e ainda deu assistência para Rafael Silva dar números finais na partida. A defesa do time de Araraquara teve pesadelos com o atleta.

Claudinho marcou de pênalti para o Mirassol. (Foto: Tetê Viani)
Claudinho marcou de pênalti para o Mirassol. (Foto: Tetê Viani)

Atacante: Raphael Macena (XV de Piracicaba)
Gol é com ele mesmo. Raphael Macena é o ponto alto do XV de Piracicaba. Na vitória por 2 a 0 para cima do Linense, não foi diferente. O vice-artilheiro da Copa Paulista abriu o caminho para o triunfo no Barão de Serra Negra. Ele pode fazer a diferença nesta reta final.

Atacante: Rafael Silva (Mirassol)
O atacante de 24 anos foi a carta na manga do Mirassol para conquistar três pontos fora de casa. Ele saiu do banco de reservas aos 26 do segundo tempo e precisou de apenas seis minutos para se posicionar bem na grande área e usar a cabeça para marcar o segundo gol do time.

Técnico: Ricardo Catalá (Mirassol)
Ao ver o adversário começar o jogo melhor e abrir o placar, o técnico Ricardo Catalá conseguiu fazer a leitura correta e acertar seu time. A reação começou ainda no primeiro tempo com criação de jogadas, mas foi no segundo tempo que os dois gols da virada saíram. O segundo gol foi marcado por Rafael Silva, escolha do treinador para a metade da etapa final.