Seleção FI da Série B da 22ª rodada chega com apenas dois integrantes do G4

Apenas Sport e Atlético-GO conseguiram emplacar jogadores entre os melhores da rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 16 (AFI) - O Bragantino segue na liderança isolada da Série B do Brasileiro após a realização da 22ª rodada, mas viu o Sport encostar com a vitória sobre o Figueirense. Tanto o Leão quanto o Atlético-GO têm quatro pontos a menos que o Massa Bruta. O Coritiba completa o G4. Porém, tem a vaga ameaçada por vários times.

Com a vitória sobre a Ponte Preta em Campinas, o Vila Nova deixou a zona de rebaixamento, assim como o Oeste, que goleou o Oeste. Já o Guarani finalmente saiu da lanterna ao ganhar do Vitória, em Salvador. Pior para o São Bento, que agora é quem ocupa o último lugar.

Após encerrar o jejum pelo Londrina, Cláudio Tencati é o treinador da 22ª rodada
Após encerrar o jejum pelo Londrina, Cláudio Tencati é o treinador da 22ª rodada
CONFIRA A SELEÇÃO FI

Goleiro: Thiago Rodrigues (Paraná)

O empate em casa com o Cuiabá não foi um bom resultado para o Paraná, mas poderia ser pior se não fosse pela grande atuação de Thiago Rodrigues. O goleiro estava em uma tarde inspirada e fez pelo menos três grandes defesas, além de ter defendido um pênalti aos 42 minutos do segundo tempo.

Lateral-direito: Norberto (Sport)
Fez sua parte lá atrás e ainda apareceu na frente para marcar o segundo gol do Sport na vitória sobre o Figueirense, por 2 a 1, no Orlando Scarpelli. Como elemento surpresa, Norberto aproveitou cruzamento de Marcinho para ampliar de cabeça.

Zagueiro: Anderson Conceição (Cuiabá)
O Cuiabá não teve vida fácil diante do Paraná, principalmente no segundo tempo, mas voltou para casa com um importante ponto na bagagem. E a defesa do Dourado teve participação direta nisso, pois não deu espaços para os atacantes paranistas.

O lateral-esquerdo Thallyson foi o responsável pela assistência do gol bugrino
O lateral-esquerdo Thallyson foi o responsável pela assistência do gol bugrino
Zagueiro: Didi (Botafogo-SP)

A defesa é a principal arma do Botafogo na Série B e passou mais uma partida em branco. Além de conseguir anular Zé Roberto, um dos artilheiros do campeonato, Didi foi até o ataque e, de cabeça, marcou o gol que deu a vitória ao Pantera sobre o São Bento, por 1 a 0.

Lateral-esquerdo: Thallyson (Guarani)
Desde que assumiu a vaga de titular, Thallyson se tornou um dos jogadores mais regulares do Guarani apesar da campanha ruim realizada no campeonato. Na importante vitória sobre o Vitória, por 1 a 0, em Salvador, foi seu o cruzamento para o gol marcado por Michel Douglas ainda no primeiro tempo.

Volante: Thiaguinho (Oeste)
Emprestado pelo Corinthians, o volante atuou um pouco mais adiantado do que nas últimas partidas e foi o destaque na vitória do Oeste sobre o Operário, por 3 a 0, em Barueri. Aparecendo como elemento surpresa, Thiaguinho marcou dois gols.

Volante: Anderson Leite (Londrina)
Quando parecia que o Londrina acumularia mais uma derrota no campeonato - perdia do Coritiba, por 1 a 0, e com um jogador a menos -, brilhou a estrela de Anderson Leite. O volante desarmou Vitor Carvalho e bateu na saída do goleiro para empatar. Léo Passos garantiria a virada na sequência.

Meia: Felipe Ferreira (CRB)
Uma das gratas surpresas até aqui na Série B. O camisa 10 do CRB foi mais uma vez essencial para a vitória sobre o Brasil de Pelotas, por 3 a 1, em Maceió, ao abrir o placar e depois cruzar para Lucas Siqueira ampliar ainda no primeiro tempo.

O atacante Matheusinho foi o destaque do América-MG com dois gols marcados
O atacante Matheusinho foi o destaque do América-MG com dois gols marcados
Atacante: Matheusinho (América-MG)

Teve a missão de substituir o experiente Felipe Azevedo e deu conta do recado. Na verdade, sua atuação foi melhor do que o esperado. Mostrando muita personalidade, o jovem atacante marcou os dois gols na vitória sobre o Criciúma, por 2 a 1.

Atacante: Gustavo Silva (Vila Nova)
Tudo bem que o gol da vitória sobre a Ponte Preta, por 1 a 0, em Campinas, foi marcado por Alan Mineiro, mas o grande responsável atende pelo nome de Gustavo Silva. Com uma bela jogada individual, deixando Diego Renan e Reginaldo para trás, o atacante sofreu o pênalti que garantiu o resultado positivo.

Atacante: Reginaldo (Atlético-GO)
É lateral-direito de origem, mas nas últimas partidas está sendo escalado pelo técnico Wagner Lopes como atacante. E vem desempenhando muito bem essa função. No empate com o Bragantino, por exemplo, marcou seu primeiro gol com a camisa rubronegra.

Técnico: Cláudio Tencati (Londrina)
Finalmente conquistou sua primeira vitória desde que retornou ao Londrina. E olha que ela parecia improvável, pois o time perdia por 1 a 0 e com um jogador a menos até os 32 minutos do segundo tempo. As mudanças feitas por Cláudio Tencati surtiram efeito. Inclusive, Léo Passos deixou o banco de reservas para marcar o gol da virada.