Com ‘Gibagol’ e protagonistas dos clássicos, Seleção FI do Brasileirão chega no 4-3-3

Também vale mencionar Botafogo e Santos, que colocaram dois nomes cada um na equipe da semana

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 05 (AFI) - A 13ª rodada do Campeonato Brasileiro foi recheada de clássicos: em Minas, o Atlético-MG venceu o Cruzeiro; no Nordeste, o Ceará bateu o Fortaleza; em São Paulo, Corinthians e Palmeiras empataram. Por isso, a Seleção FI vem com os principais nomes desses jogos, como Cássio, Felipe Melo, Vinícius e Felippe Cardoso.

Apesar disso, o grande protagonista foi o atacante Gilberto. ‘Gibagol’ anotou os três gols da vitória do Bahia por 3 a 0 sobre o Flamengo, ofuscando a estreia do lateral-esquerdo rubro-negro Filipe Luís. Também vale mencionar Botafogo e Santos, que colocaram dois nomes cada um no timaço da semana.

Gilberto, o 'Gibagol', comemora hat-trick sobre o Flamengo - Foto: Divulgação
Gilberto, o 'Gibagol', comemora hat-trick sobre o Flamengo - Foto: Divulgação

Goleiro: Cássio (Corinthians) - O arqueiro alvinegro foi o grande responsável pelo empate diante do Palmeiras, por 1 a 1, na Arena Corinthians. O ídolo corintiano apareceu ao longo dos dois tempos de jogo, tendo anotado ao menos quatro grandes defesas. A principal delas aconteceu nos instantes finais de jogo, em boa cabeçada do atacante Deyverson.

Apodi, com a bola, é lateral do CSA - Foto: Divulgação
Apodi, com a bola, é lateral do CSA - Foto: Divulgação

Lateral-direito: Apodi (CSA) - O CSA fez uma das melhores partidas no Brasileirão e merecia um resultado melhor que o empate sem gols com o Vasco da Gama, em Cariacica. E Apodi se mostrou um jogador muito importante, contribuindo na marcação e aparecendo constantemente lá na frente. As principais jogadas ofensivas surgiram do lado direito.

Zagueiro: Marcelo Benevenuto (Botafogo) - Foi uma das novidades na escalação botafoguense na vitória sobre o Avaí, por 2 a 0, no último domingo, e deu conta do recado. Fez uma partida praticamente perfeita, ganhando todas pelo alto e ainda apareceu lá na frente para fazer o segundo gol do Leão.

Zagueiro: Lucas Veríssimo (Santos)
A defesa do Santos foi um dos pontos altos na goleada para cima do Goiás. No sistema defensivo, Lucas Veríssimo deu dor de cabeça aos atacantes adversários. Se isso não bastasse, se aventurou e marcou um dos gols da partida, assim como Gustavo Henrique, que também merece destaque.

Lateral-esquerdo: Moisés (Bahia)
Moisés fez uma grande partida na vitória do Bahia para cima do Flamengo. O jogador foi uma válvula de escape pelo lado esquerdo de campo e acabou sendo fundamental na partida. Anulou os avanços do rival pelo seu lado de campo e acabou saindo como um dos principais destaques.

Felipe Melo, volante do Palmeiras - Foto: Divulgação
Felipe Melo, volante do Palmeiras - Foto: Divulgação

Volante: Felipe Melo (Palmeiras) - O Corinthians começou o Dérbi disputado Itaquera pressionando e abriu o placar no início, com o zagueiro Manoel, de cabeça, no primeiro tempo. Apesar disso, o Verdão tomou as rédeas da partida e conseguiu o empate no início da etapa final, com o experiente meio-campista, também em testada. Com fôlego em dia, apoiou o ataque e auxiliou a defesa durante toda o jogo.

Volante: Alex Santana (Botafogo) - Apesar da posição, o volante é o artilheiro alvinegro no Brasileirão com quatro gols. O último foi marcado na vitória sobre o Avaí através de um forte chuva de fora da área. Durante a partida, ajudou a organizar o meio-campo e contribuiu bastante na marcação. Caiu um pouco de rendimento no segundo tempo por causa do cansaço.

Vinicius, à esquerda, comemora gol do Atlético-MG - Foto: Divulgação
Vinicius, à esquerda, comemora gol do Atlético-MG - Foto: Divulgação

Meia: Vinícius (Atlético Mineiro) - O meio-campista comprovou a boa fase. Aos 45 minutos do primeiro tempo, mudou todo o cenário do clássico com o Cruzeiro, na Arena Independência, em Belo Horizonte, ao acelerar o contra-ataque e, cheio de confiança, acertar bela finalização no cantinho do goleiro Fábio.

Atacante: Felippe Cardoso (Ceará) - O Vozão começou o Clássico-Rei pressionando e abriu o marcador logo aos 14 minutos e ampliou pouco depois, aos 17, com o ex-jogador de Ponte Preta e Santos desviando escanteio, o que encaminhou o triunfo. O gol ainda representou o primeiro do avançado com a camisa alvinegra.

Soteldo, destaque do Santos - Foto: Divulgação
Soteldo, destaque do Santos - Foto: Divulgação

Atacante: Solteldo (Santos) - O ‘baixinho’, contratado sob desconfiança, segue mostrando que o Peixe fez um belo investimento. Na goleada por 6 a 1 sobre o Goiás, em Santos, na Vila Belmiro, o venezuelano deu assistência para Carlos Sánchez abrir o placar e anotou os dois últimos gols, que consolidaram o marcador.

Atacante: Gilberto (Bahia) - ‘Gibagol’ saiu da seca em grande estilo. O avançado tricolor não marcava há quatro jogos, mas se redimiu diante do Flamengo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com um primeiro tempo avassalador, ele fez três gols, anotando o famoso hat-trick e garantiu o triunfo soteropolitano por 3 a 0.

Técnico: Jorge Sampaoli (Santos) - Depois de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro na semana passada, o Peixe abriu vantagem na ponta. Além de ter goleado o Goiás por 6 a 1, o clube da Baixada Santista viu Palmeiras e Flamengo tropeçaram, o que faz o time alvinegro ficar tranquilo na ponta, com 32 pontos. Verdão, com 28, e Mengão e Atlético-MG, com 24, estão ficando para trás.