Seleção FI do Brasileirão chega com dupla de estreantes do São Paulo e 'M1to'

Daniel Alves e Juanfran ajudaram o time do Morumbi a vencer o Ceará, enquanto Cruzeiro derrotou líder Santos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) - O São Paulo recebeu o Ceará, na tarde deste domingo, no estádio do Morumbi, em São Paulo, e venceu por 1 a 0. O único gol do confronto, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcado por Daniel Alves após boa jogada de Juanfran. A dupla estreava com a camisa tricolor e, por isso, integra a Seleção FI.

Quem também debutava era o técnico Rogério Ceni. O 'M1to', que deixou o Fortaleza na última semana após três títulos em menos de duas temporadas completas, não poderia começar à frente do Cruzeiro de maneira melhor: 2 a 0, em casa, no Mineirão, diante do Santos de Jorge Sampaoli, líder do Brasileirão.


Foto: Divulgação / São Paulo FC
Foto: Divulgação / São Paulo FC

Goleiro: Diego Alves (Flamengo)

O arqueiro rubro-negro tem alternado momentos bons e ruins na temporada. Entretanto, no sábado, foi essencial para a vitória por 4 a 1 sobre o arquirrival Vasco, em Brasília, por 4 a 1 ao defender duas cobranças de pênaltis.

Juanfran - Foto: Divulgação / São Paulo FC
Juanfran - Foto: Divulgação / São Paulo FC

Lateral-direito: Juanfran (São Paulo)

O ala espanhol chegou e mostrou que deve fazer grande dupla com Daniel Alves e infernizar as defesas adversárias pelo lado direito. O Ceará foi o primeiro a sentir isso na pele: o ex-atleta do Atlético de Madrid anotou jogada individual, passou para Antony, que ajeitou para o capitão da Seleção Brasileira mandar para o fundo do barbante.

Zagueiro: David Brás (Grêmio)

O Tricolor dos Pampas recebeu o Palmeiras, mas, como as duas equipes estão focadas na Libertadores da América, entrou com uma escalação alternativa. Apesar disso, o defensor, que soma passagem pelo Palestra Itália, se destacou e foi recompensado com belo gol, garantido o empate.

Zagueiro: Emerson Santos (Internacional)

Emerson Santos apareceu bem na vitória do Internacional por 1 a 0 para cima do Fortaleza, fora de casa. O defensor venceu todas as disputas de bola e confirmou o bom momento defensivo da equipe colorada, que vem crescendo na temporada.

Lateral-esquerdo: Dodô (Cruzeiro)

Dodô começou o jogo atuando como meio de campo, mas logo foi transferido para a lateral, pelo técnico Rogério Ceni, e fez uma grande partida na vitória do Cruzeiro por 2 a 0 para cima do Santos. O jogador tomou conta do setor e não deixou o Peixe criar oportunidades no seu lado de campo.

Volante: Cuéllar (Flamengo)

O jogador foi o carregador de piano do time na goleada por 4 a 1 para cima do Vasco da Gama. Além de correr por dois e dar total sustentação para os jogadores de frente fazerem o que sabem, ainda participou de algumas chances claras de gol. Merece destaque nesse meio de campo rubro-negro.

Daniel Alves - Foto: Divulgação / São Paulo FC
Daniel Alves - Foto: Divulgação / São Paulo FC

Meia: Jonatan Gómez (CSA)

O Fluminense pressionou, mas acabou derrotado e se complicou ainda mais na tabela de classificação. Muito disso se deveu ao meio-campista argentino, que, no final do duelo no Maracanã, acertou belo chute e garantiu o primeiro triunfo do Azulão do Mutange como visitante no Brasileirão.

Meia: Daniel Alves (São Paulo)

A torcida são-paulina compareceu em peso ao Morumbi e viu o ex-jogador do Barcelona brilhar. Ainda pegando ritmo de jogo e se readaptando do futebol sul-americano, o veterano, lateral-direito de origem, apareceu como bom centroavante para finalizar a jogada de Juanfran, que ainda passou por Antony, e marcar o único gol tricolor.

Bruno Henrique - Foto: Divulgação / CR Flamengo
Bruno Henrique - Foto: Divulgação / CR Flamengo

Atacante: Everaldo (Chapecoense)

Mais uma vez, comprovou a boa fase e o protagonismo com a camisa do Verdão do Oeste. Aos 27 minutos do segundo tempo, foi derrubado por Betão e, de pênalti, marcou o seu oitavo gol no Brasileirão.

Centroavante: Mauro Boselli (Corinthians)

Pressionando o Botafogo desde o começo, o Corinthians abriu o placar aos 41 minutos do primeiro tempo. Pedrinho cruzou da direita, o atacante argentino pegou um forte chute de primeira e colocou a bola no ângulo de Gatito, goleiro carioca, anotando belo gol, o sexto com a camisa do corintiana.

Rogério Ceni - Foto: Divulgação / Cruzeiro EC
Rogério Ceni - Foto: Divulgação / Cruzeiro EC

Atacante: Bruno Henrique (Flamengo)

Comprovou que é o 'Rei dos Clássicos Cariocas'. No sábado, no duelo disputado no Mané Garricha, em Brasília (DF), anotou dois gols na goleada rubro-negra por 4 a 1 e mostrou que a convocação para a Seleção Brasileira dirigida pelo técnico Tite não foi à toa.

Técnico: Rogério Ceni (Cruzeiro)

A estreia do 'M1to' comandando a Raposa não poderia ser melhor: 2 a 0 sobre o líder Santos. Assim, além de dar uma injeção de ânimo ao clube mineiro e dar os primeiros sinais de que seus comandados atuarão de maneira ofensiva, tirou a equipe celeste da zona de rebaixamento.