Seleção FI da Série B tem goleiro-artilheiro, zagueiro de líder e técnico veterano

O experiente e sábio Geninho foi o escolhido para comandar os melhores da 30ª rodada da Série B do Brasileiro

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 07 (AFI) - O Fortaleza está cada vez mais perto do título. O time cearense terminou a 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B na liderança, seguido por Goiás, CSA e Avaí, que já abriu três pontos do quinto colocado, o Guarani.

A Seleção FI é composta pelos destaques da rodada, encabeçada pelo goleiro Wilson, que foi decisivo na vitória do Coritiba para cima do Juventude, ao converter uma penalidade máxima. A equipe ainda conta como nomes como Ligger, do Fortaleza, e André Luis, da Ponte Preta.

COBERTURA COMPLETA DA SÉRIE B DO BRASILEIRO. CLIQUE AQUI !

O técnico escolhido é o experiente Geninho, de 70 anos, que manteve vivo o sonho do Avaí voltar à elite nacional em 2019, numa briga pela quarta vaga contra Guarani, Vila Nova e Atlético-GO.

CONFIRA A SELEÇÃO DA RODADA DO FUTEBOL INTERIOR:

Wilson (Coritiba);
Maicon Silva (Paysandu), Ligger (Fortaleza), Diego Giaretta (Vila Nova) e Julinho (Sampaio Corrêa);
Fábio Bahia (São Bento), Giovanni (Goiás), Elvis (Criciúma) e Renato (Avaí);
André Luís (Ponte Preta) e Thiago Santos (Atlético-GO).
Técnico: Geninho.

Wilson vem sendo um dos destaques do Coritiba
Wilson vem sendo um dos destaques do Coritiba

Goleiro: Wilson (Coritiba)

Novamente foi o herói do Coritiba. Já nos acréscimos, aos 52 minutos do segundo tempo, o goleiro botou toda a sua idolatria em campo, bateu o pênalti e decretou a vitória por 2 a 1 em cima do Juventude. Ele ainda foi importantíssimo com belas defesas no Couto Pereira, que manteve o clube na briga por uma vaga no G4.

Lateral: Maicon Silva (Paysandu)

Fez um jogo eletrizante do início ao fim. Foi o jogador do Paysandu que mais buscou jogo, sempre correndo, tentando dar uma alternativa para os companheiros, mas ainda assim não conseguiu evitar a derrota por 1 a 0 para o CSA fora de casa.

Zagueiro: Ligger (Fortaleza)

Em jogo complicadíssimo, fora de casa, Rogério Ceni contou com um belo gol do zagueiro para mais uma vitória, que manteve o Fortaleza na briga pelo título da Série B. Ligger fez muito bem a sua função defensiva e ainda acertou um chute de rara felicidade, no ângulo do goleiro, que decretou a vitória por 1 a 0 contra o Brasil de Pelotas.

Zagueiro: Diego Giaretta (Vila Nova)

Herói do Vila Nova em um dos jogos mais emocionantes da rodada. Alan Mineiro, o terror dos clássicos goianos, marcou logo no início do jogo. O Atlético-GO virou no segundo tempo com dois pênaltis, praticamente consecutivos, ambos em cima de Wesley Matos, companheiro de Giaretta como zagueiro. Só que a dupla conseguiu empatar no finalzinho. Matos cruzou e Diego completou de voleio para o fundo das redes. Golaço!

Lateral: Julinho (Sampaio Corrêa)

O Sampaio Corrêa vive situação complicadíssima na Série B do Campeonato Brasileiro e vai precisar lutar muito para fugir do rebaixamento. Na última terça-feira, em jogo complicado dentro de casa, Julinho acertou uma linda cobrança de falta para decretar a vitória por 1 a 0 contra o Figueirense, que manteve o sonho da permanência vivo.

Fábia Bahia foi um dos pontos fortes do São Bento contra Guarani
Fábia Bahia foi um dos pontos fortes do São Bento contra Guarani

Volante: Fábio Bahia (São Bento)

O melhor jogo do São Bento no ano, com um futebol coletivo e ofensivo, passou muito pelos pés de Fábio Bahia. Se o time de Sorocaba entrou pra pressionar a saída de bola e sufocar o Guarani, coube ao volante conter o talentoso meio de campo do adversário. Ricardinho sofreu muito com a marcação e acabou o jogo apagado. No fim, Luizão ainda decretou a vitória!

Volante: Giovanni (Goiás)

No confronto direto para continuar na briga pelo acesso, o Goiás não conseguiu sair do empate sem gols com o Londrina dentro do Serra Dourada. Ainda assim, o meia Giovanni não deu vida fácil para a marcação adversária. Ele criou pelo menos duas oportunidades de marcar, mas acabou desperdiçando. Correu muito, sempre dando opção de passe.

Meia: Elvis (Criciúma)

No tempo que esteve em campo foi um dos melhores da partida. Em noite chuvosa, teve duas oportunidades claras de marcar, mas acabou desperdiçando. Organizou o meio de campo e poderia ter saído aos 22 minutos do segundo tempo com uma vitória parcial. O resultado contra o Oeste manteve o clube no meio da classificação, ainda distante do G4.

Renato vem fazendo um grande campeonato com a camisa do Avaí - Frederico Tadeu
Renato vem fazendo um grande campeonato com a camisa do Avaí

Meia: Renato (Avaí)

Ao lado de Marquinhos comandou o meio de campo o Avaí, principalmente no primeiro tempo, quando o Boa Esporte não conseguiu controlar o setor e acabou dando espaço para as criações das jogadas. Renato foi muito bem, ditou o ritmo e ainda sofreu o pênalti no segundo tempo, que Rodrigão acabou desperdiçando.

Atacante: André Luís (Ponte Preta)

Não é de hoje que André Luis é um dos melhores jogadores da Ponte Preta. Tem qualidade e muita entrega em campo, no estilo que o torcedor gosta. No último sábado foi coroado com o gol da vitória por 1 a 0 em cima do CRB, caindo ainda mais nas graças da torcida. Saiu de campo dedicando o gol ao técnico Gilson Kleina, que fez a sua reestreia dentro do Moisés Lucarelli.

Thiago Santos foi o nome do Atlético-GO - Paulo Marcos / Atlético-GO
Thiago Santos foi o nome do Atlético-GO

Atacante: Thiago Santos (Atlético-GO)

Um dos jogadores que mais se entregou em campo no empate por 2 a 2 com o Vila Nova dentro do estádio Antônio Accioly. Como o adversário abriu o placar no começo do jogo e abdicou da posse de bola, o Atlético-GO cresceu de produção. Thiago Santos teve mais de uma oportunidade de marcar, mas não conseguia furar a marcação. No fim, o árbitro marcou dois pênaltis de forma consecutiva, que mudaram a história do jogo.

Técnico: Geninho

Aos 70 anos é o técnico mais velho na série B. E tem conduzido o Avaí com sabedoria, chegando passo a passo na frente dentro de suas possibilidades. Terminou mais uma rodada dentro do G4 - zona de acesso.

A rodada teve a estreia do técnico Gilson Kleina, na Ponte Preta, que voltou a vencer após oito jogos. Vale como registro. Bem como a segunda vitória seguida do Coritiba com Argel Fucks. O Coxa chegou perto do bloco que vai lutar nas últimas rodadas por uma vaga de acesso.

 
 
" />