Seleção Brasileirão vem com trio de 'Evertons' e dupla de laterais do Vasco

Everton foi o nome da rodada e a seleção vem com um do Flamengo, um do São Paulo e um do Grêmio, além de destaques para Ramon e Pikachu

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Empolgante, a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada no último final de semana, teve quase todos os jogos muito movimentados e a maioria com festival de gols. Neste mesmo ritmo que o Portal Futebol Interior traz a Seleção da Rodada, com os destaques individuais de cada função na rodada.

A curiosidade da seleção é com o meio-campo mais fácil de ser confundido da história. No dia dos 'Evertons', todos os três armadores do times são xarás, com o do Flamengo, Grêmio e São Paulo brilhando em campo. Além disso, a dupla de laterais do Vasco roubou a cena e aparece como diferencial do time.

Goleiro: Walter (Corinthians):
A má fase do Timão justamente no momento em que Walter ganhou espaço com a saída de Cássio para a seleção não tem dado descanso para o goleiro, que na última rodada deu conta do recado. O Timão encontrou um Vitória atrevido, mesmo fora de casa, mas Walter se mostrou muito segundo, fazendo algumas defesas importantes durante o jogo. O arqueiro foi uma das chaves para o 0 a 0 ser mantido em Itaquera.

Cuesta é o Xerifão da Seleção
Cuesta é o Xerifão da Seleção

Lateral-direito: Yago Pikachu (Vasco):
Com faro de gol de um camisa 9, Yago Pikachu segue sendo o herói do Vasco. Nesta rodada, o lateral, que também atua como meia, foi mais uma vez fundamental para salvar a pele do cruz-maltino. Pikachu foi às redes duas vezes, chegando a 13 gols no ano, cinco no Brasileirão. Primeiro, ele tocou na saída de Magrão e depois cobrou pênalti, que ele mesmo havia sofrido.

Zagueiro: Aderllan (Vitória):
Aderllan até se arriscou no ataque e deu trabalho em um lance, mas o zagueiro mostrou muita vontade mesmo na hora de defender e salvou o Vitória em pelo menos dois momentos cruciais do jogo, mantendo o 0 a 0. Além de diversos cortes de cabeça em jogadas de bola aérea, o defensor tirou chute de Marquinhos Gabriel praticamente em cima da linha, assim como fez em tentativa de Mateus Vital.

Chapecoense venceu o Cruzeiro
Chapecoense venceu o Cruzeiro
Zagueiro: Victor Cuesta (Internacional):
Além de segurar a onda lá atrás, Victor Cuesta ainda coroou mais uma atuação segura da zaga Colorada fazendo o gol da virada em plena Vila Belmiro, subindo mais que a zaga rival para fazer de cabeça. Vale destacar que o zagueiro teve atuação impecável na zaga e mantém sua grande fase.

Lateral-esquerdo: Ramon (Vasco):
A vitória vascaína na estreia de Jorginho teve como pilares os laterais do time de São Januário. Além de Yago Pikachu, Ramon foi decisivo e teve dia de brilho no Rio de Janeiro. O jogador entrou em campo já na reta final do jogo e a estrela do treinador brilhou. Muito ofensivo e atento, Ramon começou fazendo levantamentos na área e terminou com o gol da vitória nos minutos finais.

Volante: Elicarlos (Chapecoense):
O jogo contra o Cruzeiro ficou marcado pelo gol de mão de Bruno Silva, mas Elicarlos tratou de amenizar a polêmica. Nos minutos finais, o volante aparece para acertar um canhão de fora de área e marcar um golaço, decretando a vitória por 2 a 0 para o lado da Chapeceonse.

Meia: Everton Ribeiro (Flamengo):
Evoluindo cada vez mais, vem entregando o que a torcida espera desde que foi contratado. Na vitória pro 2 a 0 sobre o Paraná, chamou a responsabilidade na organização de jogadas. Deu um passe açucarado para Willian Arão armar o gol de Felipe Vizeu e quase fez um golaço nos minutos finais.

Meia: Everton (São Paulo):
Formando um grande trio com Nenê e Diego Souza, Everton vem se provando uma grande contratação do Tricolor. O jogador brilhou mais uma vez nesta rodada e achou o caminho da vitória na Arena da Baixada. O dia inspirado do meia veio com grandes lances. Foi dele a finalização mais perigosa do primeiro tempo e foi nele também o pênalti sofrido que resultou no gol de Nenê.

Róger Guedes
Róger Guedes
Meia: Everton (Grêmio):
Inspirado, Everton conseguiu encerrar o jejum e voltar a marcar após seis partidas, sendo o grande destaque gremista na vitória sobre o América-MG. Após acertar o travessão em outro lance, o meia não se entregou e aproveitou cruzamento de Cícero para fazer o gol da vitória.

Atacante: Róger Guedes (Atlético-MG):
O atacante só não fez chover na virada sobre o Fluminense e mostrou mais uma vez que vive grande fase. Com muita inspiração do lado esquerdo, Roger Guedes criou algumas oportunidades de ataque e brilhou ao marcar duas vezes, com um golaço no ângulo e outro belo gol deixando o zagueiro no chão.

Atacante: Kieza (Botafogo):
Goleador, Kieza mostrou que gosta mesmo da Bahia. Se sentindo em casa, o atacante deu show e fez dois gols importantíssimos para evitar a derrota Alvinegra. Primeiro, ele recebeu na boa para abrir o marcador e depois voltou a aparecer para

recolocar os cariocas em vantagem.

Técnico: Thiago Larghi (Atlético-MG):
Quem viu o Atlético-MG sair perdendo e depois sofrer o empate do Fluminense, não imaginava que o time conseguiria o placar mais elástico da rodada.

Thiago Larghi devolveu a confiança ao Galo, que mostrou muita postura para afastar um pouca a descrença e colocar o Atlético na vice-liderança.

 
 
" />