Seleção FI da Série B vem com lateral campeão mundial e técnico que "mudou" o líder

Ceará foi um dos destaques do América-MG contra o Paysandu e Gilmar Dal Pozzo conseguiu vencer o Internacional com o Juventude

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - A 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B chegou ao fim neste sábado depois de jogos na segunda, quarta e sexta-feira também. O G4 teve apenas uma mudança e justamente na liderança. O América-MG assumiu a ponta, com o Internacional em segundo, Vila Nova em terceiro e Ceará em quarto.

Dois dos responsáveis pela mudança na liderança são destaques na SELEÇÃO FUTEBOL INTERIOR DA SÉRIE B. Contratado com muita expectativa, o lateral-direito Ceará, campeão mundial com o Inter, está dando conta do recado no Coelho. No comando está Gilmar Dal Pozzo, técnico do surpreendente Juventude que bateu o Colorado.

Confira a Seleção FI da Série B da 23ª rodada:

_______________________________________________________________________________

Goleiro: Saulo (Figueirense)
Revelado pelo Santos, Saulo ficou muito marcado pela goleada sofrida pelo Peixe para o Corinthians, por 7 a 1, em 2005, mas recuperou sua carreira em times menores de São Paulo. Com uma nova grande oportunidade, agarrou a chance de ser titular do Figueirense e vem fazendo boas partidas. Garantiu o empate por 1 a 1 do time catarinense contra o Boa Esporte na sexta-feira.

_______________________________________________________________________________

Lateral-direito: Ceará (América-MG)
Quando o América-MG contratou Ceará, informou que estava trazendo um campeão mundial, experiente e com passagens por diversos clubes importantes. O que ninguém acreditava é que o jogador ainda teria fôlego para fazer boas apresentações. Diante do Paysandu, o lateral deixou o torcedor boquiaberto com uma atuação digna de aplausos.

_______________________________________________________________________________

Zagueiro: Wesley Matos (Vila Nova)
O Vila Nova se preparou para não levar gols do Guarani no estádio Brinco de Ouro e teve êxito em sua estratégia. É verdade que Bruno Mendes não está em sua melhor condição física, mas foi muito bem marcado por Wesley Matos, um dos principais responsáveis pelo placar de 0 a 0 no jogo.

_______________________________________________________________________________

Zagueiro: Micael (Juventude)
Ele só foi escalado porque o titular Ruan estava machucado. Mas acabou logo com a desconfiança de alguns ao mostrar personalidade no primeiro tempo e abrir o placar com um desvio de cabeça. Em cima do rival Internacional. Depois mostrou muitas qualidades como força, velocidade e firmeza na marcação. Ajudou a quebrar a série de seis vitórias do Colorado, que também perdeu a liderança da competição.

_______________________________________________________________________________

Lateral-esquerdo: Guilherme Romão (Oeste)
Cria das categorias de base do Corinthians, o lateral foi emprestado para o Oeste e, aos poucos, conquistou a titularidade. Contra o CRB, neste sábado, teve muito trabalho para marcar o time adversário, mas deu conta de recado e, além disso, ainda iniciou as jogadas da defesa para o ataque.

_______________________________________________________________________________

Volante: Itaqui (Brasil-RS)
Mesmo sem fazer um bom Campeonato Paulista pelo São Bento, Itaqui teve a chance de disputar a Série B pelo Brasil-RS e agarrou a oportunidade. Muito regular durante toda a competição, foi o melhor jogador xavante na derrota fora de casa para o Náutico. Apesar da boa atuação, o volante não foi capaz de mudar o resultado.

_______________________________________________________________________________

Volante: Abuda (Figueirense)
Contratado recentemente depois de ser afastado pela Ponte Preta, o volante já mostrou que pode viver um momento melhor no Figueirense. Verdadeiro carrapato no meio-campo do Figueira, teve trabalho dobrado após a expulsão do companheiro Zé Antonio contra o Boa Esporte e deu conta do recado, com uma marcação ferrenha sobre os meias adversários.

_______________________________________________________________________________

Meia: Artur (Londrina)
Joia do Palmeiras, o atacante está jogando mais recuado com Cláudio Tencati e vem se destacando no Londrina. Contra o Ceará, foi decisivo, puxando quase todos os contra-ataques e tendo participação direta em dois gols da vitória por 3 a 2. Autor de um e dono da assitência para outro.

_______________________________________________________________________________

Atacante: Silvinho (Criciúma)
Silvinho chamou a responsabilidade e comandou o Criciúma na vitória por 2 a 1 sobre o Luverdense. Foi para cima dos marcadores e criou diversas oportunidades. Decisivo, fez o cruzamento para o gol de Edson Borges e também deixou a sua marca para garantir a vitória carvoeira.

_______________________________________________________________________________

Atacante: Alemão (Paraná)
Cria das categorias de base do Santos, Alemão rodou por muitos clubes e parece ter reencontrado o seu melhor futebol no Paraná. Contrariando os críticos, se tornou um líder no ataque e, de quebra, vem fazendo gols. Foi dele o único tento do Tricolor contra o Goiás no Serra Dourada.

_______________________________________________________________________________

Atacante: Luan (América-MG)
Muito criticado na época em que defendeu o Palmeiras, Luan ficou muito conhecido por ser um atacante brigador e raçudo, mas com uma finalização ruim. No América-MG, evoluiu muito e um dos destaques do time que lidera a Série B. Contra o Paysandu, deu muito trabalho para a defesa adversária e anotou o único gol do duelo.

_______________________________________________________________________________

Técnico: Gilmar Dal Pozzo (Juventude)
Estava bem claro que seria um duelo difícil, amarrado e ao estilo gaúcho. Por isso, não há dúvida de que houve o dedo do técnico do Juventude para a vitória sobre o todo-poderoso Internacional, por 2 a 1. Primeiro: o time respeitou o adversário. Segundo: adotou um esquema adequado, priorizando a marcação para tentar os contra-ataques. Terceiro: marcou muito bem e mostrou eficiente. Quarto: ganhou e subiu na tabela.

Outro detalhe curioso neste duelo gaúcho é que o time de Caxias do Sul fecha a temporada sem perder do Colorado. Venceu pelo Gaúcho, por 1 a 0, e na Série B empatou por 1 a 1 no Beira-Rio e agora fez 2 a 1.