Salgueiro, CSA e São Bento puxam a fila na Seleção FI da Série C

Ambos conseguiram colocar dois representantes entre os selecionados da 14ª edição do 'dream team' da terceira divisão

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - A 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro terminou no último domingo e mais uma vez o Futebol Interior contou com a opinião de cronistas esportivos de todo o país para escalar a Seleção da Rodada.

Nesta edição, o destaque fica por conta do Salgueiro, do CSA e do São Bento, que conseguiram colocar dois representantes entre os selecionados.

Confira a Seleção FI da 14ª rodada da Série C:

Darley (Tombense);

Muriel (São Bento), Edmário (Tupi-MG), Maracás (Sampaio Corrêa) e Rafinha (CSA);

Rodolfo Potiguar (Salgueiro), Moreilândia (Salgueiro), Roger Gaúcho (Botafogo-PB) e Daniel Costa (CSA);

Rafael Grampola (Joinville) e David Batista (Volta Redonda).

Técnico: Paulo Roberto Santos (São Bento)

_______________________________________________________________________________________

Goleiro: Darley (Tombense)
Apesar da derrota por 2 a 0 para o Joinville, o goleiro Darley foi o maior destaque do Tombense dentro de campo, neste domingo. Sem culpa nos gols sofridos pelo Carcará, ele foi bastante acionada e fez grandes defesas para evitar que o adversário construísse um placar ainda mais elástico.

_______________________________________________________________________________________

Lateral-direito: Muriel (São Bento)
O lado direito do ataque foi o principal setor explorado pelo São Bento na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, em pleno Santa Cruz. Isso porque Muriel estava em um dia inspirado e apoiou com bastante intensidade. Foram diversas jogadas de perigo saídas de seus pés. Na mais efetiva deles, deu o cruzamento para o gol de Maicon Souza.

_______________________________________________________________________________________

Zagueiro: Edmário (Tupi-MG)
A atuação segura do defensor foi essencial para que o Tupi não corresse maiores riscos e segurasse a vitória por 1 a 0 sobre o Macaé. Ele ganhou praticamente todas as bolas que disputou pelo ar, fez cortes precisos e ainda arrancou aplausos da torcida ao mostrar técnica em um recuou providencial para o goleiro.

_______________________________________________________________________________________

Zagueiro: Maracás (Sampaio Corrêa)
Ao lado do goleiro Alex Alves, Maracás foi o principal jogador do Sampaio Corrêa na difícil, mas importante vitória sobre o Confiança, por 2 a 1, no último sábado. Teve muito trabalho com o sistema ofensivo do Dragão, principalmente depois que o lateral-direito Pedro Costa foi expulso. Além disso, o zagueiro apareceu lá na frente para abrir o placar ainda no primeiro tempo.

_______________________________________________________________________________________

Lateral-esquerdo: Rafinha (CSA)
Teve uma atuação destacada assim como grande parte do time do CSA na vitória sobre o Remo. Primeiramente, cumpriu bem sua função de lateral-esquerdo, marcando bem pelo setor e subindo pontualmente. Depois, foi premiado com um belo gol em cobrança de falta ensaiada com o meia Daniel Costa.

_______________________________________________________________________________________

Volante: Moreilândia (Salgueiro)
Consistente na marcação, Moreilândia ainda incomoda os adversários com muito perigo nas jogadas de bola parada. Na vitória por 2 a 0 sobre o ASA, utilizou bastante esse artifício e contribuiu bastante na construção do placar. Foi ele quem deu o passe para o gol de Jean Carlos, com apenas seis minutos de bola rolando no primeiro tempo.

_______________________________________________________________________________________

Volante: Rodolfo Potiguar (Salgueiro)
Não é a toa que na reta final do Campeonato Pernambucano teve seu nome envolvido em uma possível negociação com o Sport. Sorte do Salgueiro que as conversas não foram para frente e o volante permaneceu para a disputa da Série C. Na vitória do Carcará diante do ASA, por 2 a 0, no último sábado, teve mais uma grande atuação e ainda foi coroado com um gol já no fim do jogo, aproveitando bate e rebate dentro da área.

_______________________________________________________________________________________

Meia: Roger Gaúcho (Botafogo-PB)
Apesar de ter recebido uma forte marcação do Moto Club, Roger Gaúcho soube lidar bem com a situação e foi decisivo para a vitória por 3 a 2 do Botafogo-PB, tanto que saiu de campo bastante aplaudido pelos torcedores. Brigador e inteligente, fez o gol de empate e participou da jogada do terceiro tento botafoguense.

_______________________________________________________________________________________

Meia: Daniel Costa (CSA)
O camisa dez do CSA dá trabalho para qualquer defesa. Com muita consciência quando tem a bola nos pés, Daniel Costa mostra visão e sabe ditar o ritmo da partida. Com chutes de fora da área, cruzamentos e passes precisos, movimentou bastante a vitória por 2 a 0 sobre o Remo.

_______________________________________________________________________________________

Atacante: Rafael Grampola (Joinville)
Sedento por gols, ele se apresenta para o jogo e pede a bola a todo o momento, sempre buscando a melhor posição para finalizar. Em um jogo no qual conseguiu boas chances, Grampola esbarrou no goleiro do Tombense em alguns momentos, mas conseguiu vencê-lo para fazer o segundo gol tricolor.

_______________________________________________________________________________________

Atacante: David Batista (Volta Redonda)
Foi mais uma tarde inspirada do artilheiro do Voltaço. David Batista fez uma grande partida taticamente e não chegou a ter um número muito grande de chances. No entanto, mostrou eficiência e fez o único gol da vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino.

_______________________________________________________________________________________

Técnico: Paulo Roberto Santos (São Bento)
A vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo-SP - que ainda não havia perdido dentro de casa - definitivamente está na conta do treinador. Ele armou um time defensivo para aguentar o poder de fogo do adversário, mas que também conseguia chegar bem com a bola nos pés, principalmente pelas laterais.

_______________________________________________________________________________________