Seleção FI da Série C vem com Poti, Safira, Gerley e ataque de peso

Os melhores da primeira rodada chegam comandados pelo experiente Francisco Diá

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) -A Série C do Campeonato Brasileiro começou sem quem ninguém despontasse na primeira rodada. CSA e Volta Redonda foram os que mais surpreenderam, enquanto que o favorito Fortaleza decepcionou ao perder para o Remo na estreia. Após o término dos dez jogos, o Portal Futebol Interior montou a Seleção da rodada.

O escolhido para comandar os melhores da primeira rodada foi o experiente Francisco Diá, que ganhou o Superclássico pelo Sampaio Corrêa. Como os jogos foram equilibrados, nenhum time conseguiu emplacar mais de um jogador. O esquema utilizado é o 4-3-3, com um volante e dois meias de ligação.

Sampaio Corrêa foi o grande destaque da primeira rodada ao bater o rival Moto Club
Sampaio Corrêa foi o grande destaque da primeira rodada ao bater o rival Moto Club

Assim, a Seleção FI chega com: Poti (Mogi Mirim); Daniel Damião (Remo), Mailson (Volta Redonda), Douglas Mendes (Cuiabá) e Gerley (Botafogo-SP); Diego Silva (Sampaio Corrêa), Marcos Antônio (CSA) e Anderson Safira (Ypiranga); Vitor (Bragantino), Max (Tombense) e Tito (Confiança). Técnico: Francisco Diá (Sampaio Corrêa).

CONFIRA ABAIXO A SELEÇÃO FI:

Goleiro: Poti (Mogi Mirim)

A lei do ex voltou a aparecer no Estádio José Liberatti. Com passagem pelo São Bento em 2012, o goleiro foi o grande responsável pelo empate no último sábado. O Bentão pressionou e criou pelo menos cinco boas oportunidades, mas esbarrou em uma tarde inspirada de Poti, que ainda contou com a sorte quando o pênalti cobrado por Marcelo Cordeiro explodiu na trave.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Lateral-direito: Daniel Damião (Remo)

O nível técnico do jogo contra o Fortaleza foi muito abaixo do esperado, mas Daniel Damião conseguiu se destacar. Apoiou o ataque constantemente e conseguiu criar jogadas perigosas ao goleiro adversário. Na marcação, não deu espaços para o Fortaleza chegar com perigo.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Zagueiro: Maílson (Volta Redonda)

Foi um dos grandes nomes na estreia do Volta Redonda na Série C. No primeiro tempo, assim como todo o elenco, teve uma atuação de gala. Não bastasse o fato de não dar espaços na defesa, o jogador ainda fez às vezes de um meia ofensivo. Primeiro, desviou bola na trave que resultou no primeiro gol do volante Marcelo. Depois, lançou a bola para o segundo gol anotado pelo atacante Felipe Augusto.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Zagueiro: Douglas Mendes (Cuiabá)

No duelo entre os campeões estaduais, Botafogo e Cuiabá ficaram no empate por 0 a 0. O Belo buscou mais o jogo, mas parou na forte marcação rival, comandada pelo zagueiro Douglas Mendes, que esteve impecável, ganhando praticamente todos os lances com os atacantes adversários.----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Lateral-esquerdo: Gerley (Botafogo)
O experiente ex-jogador de Palmeiras e Bahia foi o grande nome do Botafogo no empate contra o Bragantino. Primeiro, marcou um bonito gol em chute cruzado no primeiro tempo. Depois, deu passe açucarado de cabeça para o atacante Isaac Prado sofrer pênalti nos acréscimos. O próprio atacante anotou o gol.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Volante: Diego Silva (Sampaio Corrêa)
Com passagens por times como Flamengo, Portuguesa e Guarani, Diego Silva mostrou ser um volante moderno no clássico. Além de fazer o papel na marcação, apareceu no ataque e ajudou muito o setor ofensivo. Tanto que fez o cruzamento para o segundo gol anotado por Maracás. Grande partida contra o rival Moto Club.----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Meia: Marcos Antônio (CSA)
Foi o cara do clássico alagoano realizado no último domingo, no Estádio Rei Pelé. Depois de receber lançamento de Thiago Potiguar, passou por Douglas e bateu na saída de Carlão, abrindo o placar para o CSA. Além disso, organizou as principais jogadas ofensivas e levou perigo ao goleiro adversário em dois chutes de fora da área.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Meia: Anderson Safira (Ypiranga)
Camisa 10 da equipe de Erchim, o jogador foi o cérebro do time no empate, por 2 a 2, com o Joinville, além de ter anotador os gols do time na partida. Inteligente, ele se movimentou bem e chamou a responsabilidade para si quando o time ficou atrás no placar.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atacante: Vitor (Bragantino)
O Bragantino parece ter achado um substituto para Rafael Grampola. O nome da vez foi de Vitor, principal destaque do time no empate, por 2 a 2, contra o Botafogo. O atacante criou as melhores oportunidades de ataque e ainda deixou dois gols. Teve momentos que precisou ajudar ainda a defesa. Mostrou ser uma boa arma para o técnico Alberto Félix para a temporada 2017.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atacante: Max (Tombense)

Sem dúvidas, Max foi o melhor jogador da Tombense em campo, no empate com o Tupi, por 1 a 1 na partida da estreia do Campeonato Brasileiro da Série C. No primeiro tempo, quando o jogo ainda estava empatado, o atacante incomodou muito a defesa adversária. Já na etapa final, Max foi responsável por salvar os donos da casa da derrota. Nos minutos finais, ele empatou a partida de pênalti.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Atacante: Tito (Confiança)
Mais uma vez, Tito brilhou com a camisa do Confiança. Na estreia do time na Série C do Brasileiro, o atacante balançou as redes em duas oportunidades na vitória para cima do Salgueiro pelo placar de 2 a 1, no Batistão, chegando a 16 gols na temporada 2017. O camisa 9 tem estrela.-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Treinador: Francisco Diá (Sampaio Corrêa)

Contratado em fevereiro depois de um início ruim de temporada do Sampaio Corrêa sob comando de Vinícius Saldanha, Francisco Diá vem realizando um trabalho de respeito. Ainda na briga pelo título maranhaense - o campeonato está paralisado por um imbróglio jurídico -, a Bolívia Querida estreou na Série C com vitória no Superclássico ao bater o Moto Club, por 2 a 1.