'Quieto', Renan Lodi se firma na seleção e avisa: 'Tem muita coisa para melhorar'

Ele comemorou o desempenho individual e também o da seleção, que venceu os quatro jogos nas Eliminatórias

por Agência Estado

Campinas, SP, 18 - Novidade na seleção brasileira neste início de Eliminatórias, Renan Lodi se firmou na lateral esquerda com boas atuações nos quatro jogos disputados até agora pela competição classificatória para o Mundial do Catar, em 2022. Foram as quatro primeiras partidas oficiais do jogador de 22 anos pelo Brasil.

Lodi disse estar trabalhando "quieto" e não se vê como dono da posição, em disputa desde quando Marcelo perdeu espaço após a disputa da Copa do Mundo de 2018. Ele comemorou o desempenho individual e também o da seleção, que venceu os quatro jogos e é a única equipe com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias da América do Sul.

'Quieto', Renan Lodi se firma na seleção e avisa: 'Tem muita coisa para melhorar'
'Quieto', Renan Lodi se firma na seleção e avisa: 'Tem muita coisa para melhorar'
"Aqui na seleção estou começando agora, fico feliz pelos resultados, não só individualmente, coletivamente também. Estou feliz pelo rendimento, meu e dos meus companheiros. Minha posição não está fixa, vou batalhar bastante para cavar ainda mais meu lugar na seleção", afirmou Lodi.

"Venho trabalhando muito forte na minha equipe (Atlético de Madrid), estou cavando meu espaço bem quieto e trabalhando muito forte. Se eu tiver um bom rendimento no meu clube, vou ter mais sequência na seleção", projetou.

EVOLUÇÃO
O lateral-esquerdo do Atlético de Madrid foi escalado por Tite praticamente como um ponta nas partidas contra Bolívia e Venezuela, adversários que jogaram retrancados. Lodi avisou, porém, que sua posição é como lateral e projetou evolução.

"Ponta, não. Minha posição na seleção é lateral. Claro que o professor tem cartas na manga. Se precisar de um quinto atacante, estou ali para fazer. Estou amadurecendo bastante, tem muita coisa para melhorar", disse.