Coutinho destaca evolução física no Bayern e elogia entrosamento da seleção

Na seleção, o meio-campista começou bem e foi um dos protagonistas no massacre diante dos bolivianos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 10 - Autor de um dos gols da goleada da seleção brasileira por 5 a 0 sobre a Bolívia, na estreia das Eliminatórias, Philippe Coutinho elogiou a postura da equipe em campo, deu destaque para os seus objetivos nesta temporada e falou de sua evolução física no Bayern de Munique. Campeão europeu com o time alemão, ele disse que voltou ao Barcelona com "vontade triplicada" de vencer e agora quer manter a boa fase também com a camisa do Brasil.

Coutinho saiu do Barcelona em baixa e se transferiu para o Bayern na temporada passada. Embora não tenha sido titular, teve participação importante no título da Liga dos Campeões pelo clube bávaro e agora retornou ao Barcelona renovado. Na seleção, o meio-campista começou bem e foi um dos protagonistas no massacre diante dos bolivianos, na Neo Química Arena.

"Estou vivendo um momento muito bacana. É um ano em que almejo muitas coisas pessoais e também coletivamente. Posso dizer que voltei para a Espanha com muita vontade, uma vontade triplicada de trabalhar e fazer com que as coisas aconteçam a meu favor. É o que eu tento fazer aqui também na seleção, levar a minha intensidade no limite para conseguir grandes coisas dentro dos jogos e da seleção brasileira", comentou o meio-campista em entrevista coletiva neste sábado.

Coutinho destaca evolução física no Bayern e elogia entrosamento da seleção
Coutinho destaca evolução física no Bayern e elogia entrosamento da seleção
BOM MOMENTO
A evolução física no Bayern também foi assunto na entrevista. Coutinho ganhou massa magra no clube alemão e ficou evidente a melhora em relação ao período anterior à sua chegada no time bávaro. Ele ressaltou outros aspectos positivos da passagem pela Alemanha, como a disciplina e a intensidade.

"Realmente tivemos algumas mudanças na parte física. Eu, particularmente, estou me sentindo bem assim. Claro, querendo sempre mais. O que aprendi no Bayern e que posso frisar é o trabalho. Eu já era assim, mas se hoje tiver que trabalhar três, quatro vezes mais do que o normal, eu vou fazer, e faço. Tenho trabalhado muito a parte física e tenho me sentido muito bem. Lá no Bayern eles levam muito para esse lado da intensidade, do treinamento, e você vê que muitos atletas evoluíram nessa parte", recordou o jogador.

CAMINHO ATÉ A COPA
Coutinho fez uma projeção sobre a caminhada do Brasil rumo à Copa do Mundo de 2022, no Catar, e analisou o desempenho da seleção diante da Bolívia. O meio-campista ficou feliz com o entrosamento em campo no duelo, em que ele balançou as redes uma vez e deu a assistência para Rodrygo desviar de cabeça no lance do quarto gol, marcado contra. Na terça-feira, a equipe de Tite enfrenta o Peru, em Lima, pela segunda rodada das Eliminatórias.

"Espero que a gente continue assim, para ganharmos confiança, nos entrosarmos ainda mais para que as coisas possam fluir, como foi nesse último jogo", avaliou. "Nas últimas Eliminatórias a gente fez um bom trabalho. Mas, óbvio, agora a gente tem mais tempo juntos. A gente entende bem o que a comissão nos passa, isso nos fortalece. A gente queria ganhar a outra Copa, tínhamos condição. Mas as Eliminatórias são oportunidade de começar bem nossa trajetória até a Copa de 2022", concluiu.