Capitã da seleção renova com o Orlando Pride e jogará mais uma temporada nos EUA

Pelo clube, Marta disputou 54 jogos, com 23 gols marcados e dez assistências.

por Agência Estado

Campinas, SP, 25 - Marta permanecerá no futebol dos Estados Unidos. Nesta sexta-feira, o Orlando Pride anunciou a renovação do contrato da craque, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, para a próxima temporada da NWSL, a principal liga de futebol do país. Os detalhes do contrato não foram revelados, até pelas regras do campeonato.

"É maravilhoso que o clube e que os fãs tenham Marta, cuja carreira fala por si, de volta ao Pride na próxima temporada. Marta é efervescente, nada se compara à experiência e paixão que ela traz ao nosso time e acho que este ano ela mostrou o quanto ela dá a essa equipe", afirmou Marc Skinner, o técnico do clube da Flórida.

JOGOS PELO PRIDE

Marta renovou seu contrato com o Orlando Pride
Marta renovou seu contrato com o Orlando Pride

Contratada em 2017, Marta está no Orlando Pride desde então, tendo ajudado o clube a se classificar aos playoffs da NWSL na primeira temporada.

E, pelo clube, disputou 54 jogos, com 23 gols marcados e dez assistências.

TEMPORADA SEM BRILHO

Na edição 2019 da NWSL, Marta fez seis gols pelo time, o último colocado da temporada regular, disputada por nove times, com quatro vitórias, quatro empates e 16 derrotas.

"Todo mundo sabe a qualidade que ela possui em campo, e é claro que estamos empolgados em tê-la de volta. Ter a capacidade de liderança e orientação da melhor jogadora será fundamental para o crescimento contínuo do Orlando Pride", acrescentou Skinner.

CARREIRA

O Orlando Pride é o décimo clube da carreira de Marta, de 33 anos, que na última quinta-feira foi convocada pela técnica Pia Sundhage para defender a seleção brasileira em um torneio amistoso na China, em novembro.