Copa América: Com ausências e neblina, Brasil inicia preparação para a final

O goleiro Alisson e o lateral-esquerdo Filipe Luis não participaram da atividade desta quinta-feira

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 04 - A seleção brasileira começou nesta quinta-feira a se preparar para a final da Copa América, no próximo domingo, contra o Peru.

O técnico Tite comandou um treino da equipe na Granja Comary, em Teresópolis, sob intensa neblina e sem contar com todos os atletas. O goleiro Alisson e o lateral-esquerdo Filipe Luís não foram a campo para permanecerem em tratamento de problemas físicos.

Alisson sente um pouco de dor nas costas após uma trombada sofrida no jogo contra a Argentina, no Mineirão, na terça-feira. O jogador ficará sob os cuidados da fisioterapia e deve retornar ao trabalho na tarde desta sexta-feira. Já Filipe Luís continua em recuperação de uma lesão na coxa direita e cumpriu trabalho especial na academia para poder retornar à equipe.

O lateral disputa posição com Alex Sandro no time titular de domingo. Se estiver recuperado, Filipe Luís deve retomar a posição. O defensor sentiu a lesão nas quartas de final, contra o Paraguai, e saiu de campo ainda no intervalo.

Com dores nas costas, o goleiro Alisson não treinou nesta quinta-feira
Com dores nas costas, o goleiro Alisson não treinou nesta quinta-feira
LIBERADO
Quem voltou aos treinos foi o meia Fernandinho, depois de nos últimos dias sofrer para se livrar de dores no joelho direito sentidas desde a partida com a Venezuela.

A atividade teve o início adiado pela intensa neblina na tarde desta quinta. Os jogadores foram a campo cerca de 40 minutos depois do previsto.

Quem foi titular contra a Argentina ficou apenas na academia e não foi ao gramado. Os jogadores que participaram, realizaram um trabalho em campo reduzido, com ênfase na troca de passes e na movimentação.

TRATAMENTO
Com lesão na coxa e fora da final, Willian permaneceu em tratamento na área interna da Granja Comary.

A equipe volta a treinar em Teresópolis na tarde desta sexta-feira, desta vez sem a presença dos jornalistas. O time também faz atividade no mesmo local na manhã de sábado e depois, à tarde, viaja ao Rio para disputar a final da Copa América.