Copa América: Casemiro elogia 'Mister Tite' e diz torcer por permanência do técnico

Apesar de ter contrato até o Mundial do Catar, em 2022, Tite espera adquirir mais tranquilidade e estabilidade no cargo

por Agência Estado

Teresópolis, RJ, 05 - O volante Casemiro elogiou bastante nesta sexta-feira o trabalho do técnico Tite na seleção brasileira. Em entrevista na Granja Comary, em Teresópolis, o jogador do Real Madrid afirmou que às vésperas da decisão da Copa América, no próximo domingo, contra o Peru, todo o elenco torce pela permanência do treinador, independentemente de qual for o resultado na partida no Maracanã.

Apesar de ter contrato até o Mundial do Catar, em 2022, Tite espera adquirir mais tranquilidade e estabilidade no cargo com o título da Copa América. Mas para Casemiro, antes de se pensar em qualquer mudança, é preciso valorizar o currículo do atual comandante, mencionado por ele como "Mister Tite". "

Casemiro elogia 'Mister Tite' e diz torcer por permanência do técnico
Casemiro elogia 'Mister Tite' e diz torcer por permanência do técnico
Os números dele falam por si. Um treinador que está há três anos no cargo e tem mais de 80% de aproveitamento, você precisa ter o mínimo de respeito. Ele já ganhou muitos títulos nacionais e internacionais. É um vitorioso", comentou.

O treinador renovou contrato com a CBF logo depois da Copa do Mundo da Rússia, porém encara uma reformulação na comissão técnica. Um dos auxiliares, Sylvinho, deixou o cargo para assumir o comando do Lyon, da França, para onde deve ir depois da Copa América o analista de desempenho Fernando Lázaro. O coordenador de seleções, Edu Gaspar, está perto de deixar a seleção brasileira para se tornar dirigente do Arsenal.

FÃ DO COMANDANTE
Casemiro reiterou ser fã do trabalho do técnico Tite e disse gostar bastante dos ensinamentos dele. "O Tite fica na nossa cabeça para sermos mentalmente fortes, para a gente não se desestabilizar. Ele tem um grande êxito nisso, de fazer o time ficar concentrado e não cair na 'catimba' dos adversários, de deixar que eles nos provoquem e a gente não caia nisso", disse o volante.

A seleção brasileira fica em Teresópolis até a sábado, realizando treinos fechados. O time viaja ao Rio no período da tarde. No domingo, no estádio do Maracanã, entrará em campo, às 17 horas, para enfrentar o Peru pela final da Copa América.