Antes de amistoso, Neymar prevê 'uma das partidas mais difíceis da carreira'

Atacante também agradeceu o apoio de pessoas próximas após a acusação de estupro feita por uma mulher de 26 anos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 - Neymar usou as redes sociais nesta quarta-feira para afirmar que o amistoso da seleção brasileira contra o Catar, às 21h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, "será uma das partidas mais difíceis da carreira". A declaração foi publicada em seu perfil oficial no Instagram. Neymar também agradeceu o apoio de pessoas próximas após a acusação de estupro feita por uma mulher de 26 anos.

"Só quero agradecer a DEUS, minha FAMÍLIA, meus AMIGOS e todos aqueles que mandaram mensagens positivas para que eu pudesse me manter equilibrado e focado, nunca me senti tão AMADO por vocês, OBRIGADO. Hoje tenho uma das partidas mais difíceis da minha carreira, se não for a mais (pelas circunstâncias)", escreveu Neymar.

Foto: Divulgação / CBF
Foto: Divulgação / CBF
Neymar tem contra si em São Paulo um Boletim de Ocorrência em São Paulo, no qual é acusado de estupro, que teria acontecido em Paris, além de uma investigação no Rio de Janeiro por possível crime virtual por ter divulgado imagens da suposta vítima.

Existe grande expectativa sobre a influência da acusação sobre o desempenho do jogador. Por isso, o amistoso servirá como uma espécie de termômetro. A expectativa é sobre como o público tratará o atacante e como ele reagirá se for alvo de uma reação negativa. Também existe o medo de que os outros jogadores sintam um eventual "baque".

Espaço incorporado por HTML (embed)

PAI
Também no Instagram, o pai de Neymar se manifestou. Ele desejou boa sorte no amistoso e pediu para que ele não perca a diversão dentro de campo. "Hoje é dia de fazer o que você mais ama. Divirta-se e divirta todos os que te amam, como os torcedores que te receberam com tanto carinho em Brasília (...) Boa sorte, filho!", escreveu.

O amistoso desta quarta é o primeiro teste da seleção brasileira para a Copa América, que terá início no dia 14, no Brasil. Os comandados do técnico Tite também vão enfrentar Honduras, no domingo, em Porto Alegre.