Treinador do São Paulo revela pedido de desculpas a Tchê Tchê por xingamentos

Na última quarta-feira, contra o Red Bull Bragantino, Fernando Diniz bateu boca com o volante na beira do gramado

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) - Em entrevista coletiva após a derrota para o Santos, por 1 a 0, o técnico Fernando Diniz revelou que pediu desculpas para Tchê Tchê por conta dos xingamentos durante o jogo contra o Red Bull Bragantino.

"Foi um erro que cometi da exposição, que sempre tento proteger. Mas já pedi desculpas para o Tchê Tchê, pedi desculpas para o time, por ter exposto o Tchê TchÊ, ter exposto o time. Foi um erro que cometi, mas é olhar para frente", disse Diniz.

Fernando Diniz admitiu que errou com Tchê Tchê (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
Fernando Diniz admitiu que errou com Tchê Tchê (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
Tchê Tchê não estava à disposição do treinador para o clássico contra o Santos porque foi expulso no segundo tempo da derrota para o Red Bull Bragantino, por 4 a 2, ao acertar uma cotovelada em um adversário fora do lance.

O QUE ROLOU
Na última quarta-feira, ainda no primeiro tempo do jogo entre São Paulo e Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, Fernando Diniz bateu boca com Tchê Tchê na beira do gramado e foi criticado por isso.

"Não pode mesmo (falar). Tem que jogar, cara###. Seu ingrato do cara###, seu perninha do cara###, mascaradinho. Vai se fo###", disparou o treinador.

VEJA O QUE FERNANDO DINIZ FALOU SOBRE A SITUAÇÃO COM TCHÊ TCHÊ