'Cascudo', São Paulo de Dani Alves e Hernanes quer retomar glórias no Brasileirão

Tricolor vive jejum de grandes conquistas há oito anos e vê no Brasileirão a chance de voltar a brilhar

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 07 (AFI) - Um dos maiores campeões brasileiros de todos os tempos, com seis títulos, o São Paulo não vence o Brasileirão há 12 anos. A última conquista foi em 2008, quando conquistou o troféu pela terceira vez consecutiva. Em 2020, o Tricolor Paulista está disposto a dar um fim a esse jejum. Para isso, conta com o talento e experiência de craques consagrados, como Daniel Alves e Hernanes.

Destaque no time do tricampeonato de 2006 a 2008, Hernanes retornou ao São Paulo no meio do ano passado e se juntou a Daniel Alves, outra contratação de meio de temporada do clube. Os dois são os mais experientes de um time-base que mescla a experiência de ambos e do atacante Alexandre Pato, por exemplo, com a juventude de Igor Gomes, o talento do goleiro Thiago Volpi e a segurança do zagueiro Arboleda.

O elenco é comandado por Fernando Diniz, que também foi contratado durante a última temporada pelo Tricolor Paulista. Dono de uma filosofia singular de jogo, o treinador prega por um jogo de posse de bola desde a própria área de defesa, com ênfase na construção de jogo. Essa será sua primeira temporada desde o início no comando do Tricolor, que está sedento por títulos. Pressão não vai faltar, mas qualidade também não.

Daniel Alves é o grande nome do São Paulo
Daniel Alves é o grande nome do São Paulo
EXPECTATIVA OU REALIDADE?
A expectativa em cima do São Paulo era grande no Paulistão. No entanto, o time caiu nas quartas de final para o modesto Mirassol, dando a entender que será uma gangorra no Brasileirão.

"Expectativa enorme, boa, nosso time vem de um conjunto desde o ano passado e acredito que esse seja um grande trunfo pra fazer uma grande campanha. O São Paulo sempre tem o objetivo de ser campeão das competições e agora não vai ser diferente. Além das tradições do clube nos obrigarem a pensar assim, temos um grande time, um grande técnico, e acredito muito na nossa equipe", disse Pablo.

TIME BASE: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Vitor Bueno, Pablo e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz.