Bombas e pedras fazem clima de terror no CT do São Paulo em Cotia

Grupo desceu de uma Van atirando pedras e bombas no CT ainda como protesto pela eliminação do Paulistão

por Agência Futebol Interior

Cotia, SP, 3 (AFI) - A eliminação precoce do São Paulo no Campeonato Paulista, após derrota para o Mirassol por 3 a 2 no Morumbi, continua gerando protestos de sua torcida.

Um grupo entre cinco e 10 homens vestindo capuz para esconder seus rostos tentou criar um novo clima de terror. eles desceram de uma Van e promoveram uma ação muito rápida. No domingo eles atiraram uma bomba no hotel localizado dentro do CT do clube em Cotia, na região metropolitana da capital. Houve também o arremesso de várias pedras.

São Paulo foi eliminado pelo Mirassol nas quartas
São Paulo foi eliminado pelo Mirassol nas quartas

BO E SEM IMAGEM
A reação da direção do clube foi legalista, fazendo um Boletim de Ocorrência (BO), mesmo porque ninguém se feriu. O saldo negativo ficou para alguns vidros quebrados.

Mas não houve identificação do grupo, podendo até se excluir alguma torcida organizada porque nenhuma delas assumiu o protesto violento.

Como as câmeras da frente do CT não estavam funcionando, dificilmente as investigações vão prosperar. De qualquer forma, o clube promete reforçar a segurança, além de contar com o respaldo de autoridade policiais locais.