Fernando Diniz comemora permanência de Raí no comando do futebol do São Paulo

Treinador, mantido no cargo para 2020, ostenta bom relacionamento com ídolo do Tricolor

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - O São Paulo derrotou o CSA por 2 a 1, em Maceió, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, com um time formado por garotos da base.

O jogo era um mero cumprimento de tabela, mas o técnico Fernando Diniz ficou satisfeito com o bom desempenho dos seus meninos. Após a partida, ele falou sobre a renovação do contrato de Raí, principal dirigente do futebol do clube.

Segundo Fernando Diniz, trata-se de uma ótima notícia para o clube e também para ele, que tem um ótimo relacionamento com o ídolo são-paulino.

Fernando Diniz comemora fico de Raí no São Paulo - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Fernando Diniz comemora fico de Raí no São Paulo
"O meu sentimento em relação ao Raí é de que a gente fica mais tranquilo, é uma energia muito positiva, nossa sintonia é muito forte, nos damos muito bem. Além de ser um cara extremamente inteligente, ele está lá sempre nos ajudando. Foi um acerto muito grande a permanência do Raí", disse.

A sexta colocação no Brasileirão, resultado obtido pelo São Paulo na edição do torneio encerrada neste domingo, não é o sonho de nenhum torcedor tricolor e Fernando Diniz sabe disso.

Mesmo assim, o treinador fez um balanço positivo da campanha são-paulina, especialmente a partir de sua chegada ao clube, no final de setembro.

COISA BOA

Para o técnico, o fato de o São Paulo ter conseguido uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores é uma conquista importante - neste ano, o time entrou na segunda etapa preliminar e acabou eliminado pelo Talleres, da Argentina.

"O foco era a conquista do objetivo principal (a vaga na fase de grupos). Isso foi alcançado", comentou Fernando Diniz. "A gente sabe que, se pegar o tamanho do São Paulo, é pouco, mas, pelo momento que passamos, vale muito, o torcedor é apaixonado pela Libertadores. Classificar o time de maneira direta dá mais tranquilidade no ano", completou.