Neto dispara contra Daniel Alves e Carlos Alberto alfineta lateral: "Pensa que é mole"

Os ex-meias não perdoaram a declaração do lateral do São Paulo após a derrota para o CSA

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 16 (AFI) - Falou o que quis, ouviu o que não quis. Lateral do São Paulo, Daniel Alves deu uma entrevista polêmica após o empate por 1 a 1 diante do CSA, na última rodada do Campeonato Brasileiro. O discurso não ficou barato. O apresentado e ex-meia Neto disparou contra o lateral, enquanto Carlos Alves, também ex-Corinthians, aproveitou para alfinetar o atleta da seleção brasileira.

Daniel Alves, você está de brincadeira? Eu não sou jornalista, mas sou da imprensa e joguei para caramba. Você não jogou 10% do que eu joguei. Na sua posição, como lateral, você foi monstro, mas fazer o que eu fiz, você não fez. Você não fez o que o Velloso fez como goleiro. A gente jogou aqui, e você, só na Europa. Agora, você colocar que a imprensa está contra o São Paulo?“, disse Neto, que continuou.

Como você pode colocar a responsabilidade na imprensa? A imprensa que é culpada de vocês venderem jogador toda hora, de vocês empatarem com o CSA? A imprensa que é culpada? Que caramba é esse aí? (…) Toda hora você joga a responsabilidade em cima da imprensa!“, finalizou o ex-corintiano.

Daniel Alves começa a ser pressionado no São Paulo - Rubens Chiri/São Paulo)
Daniel Alves começa a ser pressionado no São Paulo
Já Carlos Alberto alfinetou o interesse de Daniel Alves em jogar no meio de campo do São Paulo e disse ainda que Cuca deveria bancar o atleta na lateral.

"Falta convicção ao Cuca, ao presidente. O Daniel Alves quer ajudar o São Paulo. Quando se contrata o Daniel, contrata como lateral. É um crime com ele mesmo botar para jogar na meia. Ele se contradiz quando fala que na lateral não pega muito na bola. A vida inteira ele foi lateral e agora acha que é mole jogar no meio? Ele sempre foi elemento surpresa", falou Carlos Alberto.

A discussão começou com a seguinte entrevista do atleta: “Estamos aqui, volto a insistir, para construir juntos. Posso ajudar meus companheiros a serem muito melhores do que são. Ao contrário do que a maioria pensa, eu jogando de lateral fico muito tempo sem pegar na bola, e aí fica ainda mais difícil ajudar meus companheiros. A imprensa não vai saber (em que posição Daniel Alves rende mais) porque nunca jogou futebol“, falou.