Antes criticados, Raí e Lugano se fortalecem com Daniel Alves e Juanfran

A tendência é de que o brasileiro seja utilizado no meio de campo; espanhol também pode atuar como zagueiro

por Agência Estado

São Paulo, SP, 08 - As contratações de Daniel Alves e Juanfran fortaleceram o diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí, e o diretor de relações institucionais do clube, Lugano. Eles vinham sendo questionados por conselheiros e boa parte da torcida, mas foram os principais responsáveis pelas chegadas dos reforços. Raí ficou à frente das negociações com Daniel Alves, enquanto que o uruguaio liderou as tratativas com Juanfran.

Raí era constantemente alvo de protestos da principal organizada do São Paulo. "Raí, pede para sair" era o grito entoado pelos torcedores nas manifestações. Em maio, a ausência dele na derrota para o Corinthians por conta de uma viagem à França aumentou as críticas sobre o diretor.

Juanfran (à frente); Hernanes (no meio) e Daniel Alves (ao fundo)
Juanfran (à frente); Hernanes (no meio) e Daniel Alves (ao fundo)
POLÊMICA
Na ocasião, uma imagem de Raí com a namorada assistindo ao torneio de tênis Roland Garros viralizou. O dirigente se defendeu ao alegar que a viagem estava programada desde janeiro em razão de evento da Fundação Gol de Letra, da qual é presidente do Conselho.

MANDOU BEM
No caso de Lugano, a principal crítica era sobre o motivo de o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, ter "criado" a função do ex-zagueiro no clube. O uruguaio ocupa o cargo de diretor de relações institucionais desde o início de 2018. Não costuma participar ativamente de negociações, mas foi o principal responsável pela contratação de Juanfran.

CONVERSA BOA
Lugano aproveitou a boa relação com o compatriota Diego Godín para iniciar as conversas com Juanfran - os dois atuavam juntos no Atlético de Madrid. O lateral-direito espanhol ficou empolgado com o projeto apresentado e os valores pedidos eram compatíveis com o que o São Paulo estava disposto a pagar.

E O COMANDANTE?
O técnico Cuca só foi questionado sobre Juanfran quando as conversas já estavam em andamento. O treinador aprovou a contratação do jogador espanhol, que tem 34 anos e assinou com o São Paulo até o final de 2020.

CABEM TRANQUILO
Raí e Lugano viajaram à Europa e avançaram nas negociações. Embora os dois sejam laterais-direitos, uma contratação não inviabilizou a outra. A tendência é de que Daniel Alves seja utilizado no meio de campo. Juanfran também pode atuar como zagueiro.