Daniel Alves encanta jovens e tem a missão de transmitir espírito vencedor

Lateral-direito será o responsável por transmitir experiência a jovens do elenco, com Antony, Igor Gomes, Toró e Walce

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - Os jovens jogadores do São Paulo estão em êxtase com a presença de Daniel Alves no dia a dia do CT da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista.

O lateral-direito de 36 anos é o maior vencedor do futebol mundial, com 40 títulos conquistados, e tem a missão de transmitir esse espírito aos garotos.

Na apresentação de Daniel Alves, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e o diretor executivo de futebol Raí exaltaram a influência que o lateral-direito pode ter sobre os jovens. O São Paulo convive com jejum de títulos nos últimos 11 anos, tendo conquistado apenas a Copa Sul-Americana em 2012.

Daniel Alves encanta jovens e tem missão de transmitir espírito vencedor no São Paulo
Daniel Alves encanta jovens e tem missão de transmitir espírito vencedor no São Paulo

"Dois dias antes do anúncio da chegada do Daniel, sentei no banco durante o treinamento e o Walce e o Igor Gomes sentaram do meu lado. Eu olhei para eles e falei: 'vocês acham que seria uma boa trazer o Daniel?'. E eles: 'P... O que é isso? Dá para acontecer?'. Falei que estava meio difícil e tal, mas que tínhamos uma chance. Depois o Walce me encontrou e falou assim: 'Me enganou, hein?'. E o Antony, no Instagram, falou da alegria, da emoção de ter o privilégio de conviver com o Daniel e aprender. Todos nós, em todas as instâncias do clube, temos muito a aprender com o Daniel Alves", contou Raí.

O próprio Daniel Alves sabe que a sua missão é ajudar na criação dos garotos de Cotia. "Eu acredito que o meu espírito vencedor encontrar um grupo jovem é interessante porque eles te dão energia para construir coisas grandiosas. Vai ser uma boa combinação", apostou o lateral-direito.

ESPELHO

Antes mesmo da chegada de Daniel Alves, o São Paulo publicou um vídeo com reações de alguns jogadores do elenco sobre a contratação do lateral-direito. Eles exaltaram a presença do multicampeão no grupo tricolor.

"Eu estava em casa e, quando vi, não acreditei. É um cara que admiro muito como pessoal, pela cabeça que ele tem, a personalidade dele, e como atleta, por tudo que já ganhou, onde já jogou. Tenho muita coisa para perguntar para ele, porque o patamar que ele já atingiu é o que eu quero estar um dia", disse o meia Igor Gomes, de 20 anos.

"Uma notícia genial. A gente estava esperando ansiosamente que o São Paulo decretasse a contratação. Tenho certeza de que ele vai agregar muito, não só na minha carreira, mas de todos os companheiros", afirmou o zagueiro Walce, também de 20 anos.