Ex-técnico entra na justiça contra o São Paulo e cobra R$ 1,5 mi

Em sua passagem pelo Morumbi, Dorival Jr. salvou o clube do rebaixamento para a Série B em 2017

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) - A passagem de Dorival Júnior pelo São Paulo, que aconteceu entre julho de 2017 e março de 2018, irá acabar da pior forma. Isso por que o ex-treinador do tricolor e seus auxiliares: Lucas Silvestre e Leonardo Porto entraram na Justiça do Trabalho contra o clube paulista alegando que ainda tem valores a receber.

Ex-técnico entra na justiça contra o São Paulo e cobra R$ 1,5 mi
Ex-técnico entra na justiça contra o São Paulo e cobra R$ 1,5 mi
O treinador pede cerca de R$ 1,4 milhões na justiça. Porém o São Paulo se dispôs a pagar uma quantia de 1.250.000 reais, que o clube entende ser o montante devido pela rescisão de contrato com o treinador.

A atitude de Dorival Júnior de ir a justiça, acabou com quaisquer chances de acordo e irritou demais os são-paulinos. Tanto que alguns mandatários afirmam que as portas do Morumbi estarão fechadas para Dorival para sempre.

Em sua passagem pelo São Paulo, Dorival salvou o clube do rebaixamento para a Série B em 2017.