Antony pede para defender seleção olímpica e Cuca cobra CBF

"Lógico que você vai. A gente quer que ocorra com coerência, que todos os convocados vão", disse Cuca

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 17 - Convocado para defender a seleção brasileira olímpica no Torneio Internacional Maurice Rivello (antes chamado de Torneio de Toulon), na França, o atacante Antony pediu ao técnico Cuca para o São Paulo não solicitar a sua liberação junto à CBF. O treinador revelou a conversa com o jogador e fez uma cobrança à confederação.

Antony será desfalque em quatro partidas do São Paulo. (Foto: Divulgação)
Antony será desfalque em quatro partidas do São Paulo. (Foto: Divulgação)

DESFALQUE

Como a apresentação será no dia 27 de maio, uma segunda-feira, Antony será desfalque em quatro partidas do São Paulo: diante do Bahia, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, e contra Cruzeiro, Avaí e Atlético-MG, pelo Brasileirão.

Cuca lembrou que outros clubes pediram a desconvocação de seus jogadores, como o Santos, no caso de Rodrygo, e o Athletico-PR, por Renan Lodi. O técnico quer que todos os atletas chamados participem do torneio francês.

ACATOU

"A gente tem que tomar muito cuidado com isso. O torcedor é muito passional. Para mim, quanto mais jogadores meus servirem às seleções, melhor, porque é sinônimo de bom trabalho e dos bons valores que temos. Acho que a CBF tem que ter uma coerência em cima disso. Não quero privar o Antony. Ele veio me pedir para ir", cobrou Cuca.

"Falei: lógico que você vai. A gente quer que ocorra com coerência, que todos os convocados vão. Se três ou quatro não forem, como vou explicar para o meu torcedor que eu liberei?", completou.

O Torneio Internacional Maurice Rivello será realizado entre os dias 1 e 15 de junho. A seleção brasileira está no Grupo B, ao lado de Catar, Guatemala e França.