Paulistão: 'Eu era torcedor e agora estou jogando por eles', diz 'joia' do São Paulo

"Se não fosse a confiança e a experiência dos mais velhos a gente não estaria aqui (na final)", afirmou o jovem atacante Antony

por Agência Estado

São Paulo, SP, 08 - O atacante Antony teve uma grande chance na semifinal que classificou o São Paulo à decisão do Campeonato Paulista após 16 anos, no último domingo, no Allianz Parque. Ainda no primeiro tempo do clássico, ele foi bem lançado por Everton, mas chutou fraco em cima do goleiro do Palmeiras, Fernando Prass.

"Eu peguei mal na bola", justificou.

O lance foi um exemplo de como as coisas estão mudando rapidamente para o jogador de 19 anos. E como ele tem de lidar rapidamente com a pressão. Em janeiro, ele foi destaque do título da Copa São Paulo de Juniores. Neste domingo, ele ajudou o time a voltar à decisão, em vaga que veio após vitória nos pênaltis após empate por 0 a 0 no tempo normal.

"Às vezes eu nem acredito que tudo isso está acontecendo comigo. Eu era torcedor e hoje estou aqui jogando por eles".

IMPORTANTE!
Antony afirma que os jogadores mais experientes foram fundamentais para o equilíbrio da equipe.

O atacante vinha sendo escalado desde a passagem de André Jardine, hoje na seleção brasileira sub-20, mas subiu de produção a partir das quartas de final, diante do Ituano, sob o comando interino de Vagner Mancini.

"Se não fosse a confiança e a experiência dos mais velhos a gente não estaria aqui (na final)", disse Antony.

FALA, CUCA!
O técnico Cuca confirma que conversou com os mais jovens sobre a pressão que encontrariam no estádio do rival.

Antony - FOTO: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Antony - FOTO: Rubens Chiri / saopaulofc.net

"O Palmeiras tinha dez jogadores que sabem o que é a pressão de jogar aqui. Nós tínhamos cinco ou seis jovens que nunca tinham atuado. Nós nos preparamos para enfrentar o Palmeiras", disse o treinador.

SÃO PAULO CONTRA...
O São Paulo agora aguarda a definição do seu rival na final do Paulistão, o que ocorrerá nesta segunda-feira com o duelo entre Santos e Corinthians, às 20 horas, no Pacaembu.

No duelo de ida, em Itaquera, os corintianos venceram por 2 a 1 e por isso terão a vantagem de poder empatar para ir à decisão. Mas, independentemente de quem avançar, o time tricolor já sabe que fará o duelo de ida da final no Morumbi, tendo em vista que o outro finalista chegará à luta pelo título com campanha superior.