Florida Cup: Jardine ainda vai definir se escala São Paulo titular contra o Ajax

O comandante disse que ainda vai pensar se utilizará a formação titular, que iniciou o jogo contra o Eintracht

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - A ideia do técnico André Jardine, antes do tropeço de quinta-feira para o Eintracht Frankfurt-ALE, pela Florida Cup, era observar na duas partidas do São Paulo no torneio o máximo possível de jogadores que viajaram com a delegação para os Estados Unidos. Com a derrota por 2 a 1 na estreia, somada à vitória do Flamengo nos pênaltis sobre o Ajax-HOL, o time tricolor entra em campo no sábado para encarar os holandeses sem chances de ser campeão.

Assim, os planos da comissão técnica podem mudar. Jardine disse que ainda vai pensar se utilizará a formação titular, que iniciou o jogo contra o Eintracht, na partida diante do Ajax.

"Confesso que ainda vou pensar um pouco. Temos o objetivo de acelerar a formação da equipe. Já sabemos a pressa que o calendário está nos imprimindo. Ao mesmo tempo, enxergar o maior número de jogadores que puder, tirando algumas conclusões. Vamos colocar no papel, olhar o jogo de novo e tomar a decisão", afirmou o treinador.

Jardine ainda vai definir se escala São Paulo titular contra o Ajax na Florida Cup
Jardine ainda vai definir se escala São Paulo titular contra o Ajax na Florida Cup
MUDANÇA DE UMA EQUIPE PARA OUTRA
Foram duas escalações totalmente distintas nos dois tempos da estreia. Na etapa inicial, jogaram: Tiago Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Jucilei e Hernanes; Helinho, Pablo e Everton. Esta é a equipe titular. Depois do intervalo, o São Paulo voltou com: Jean; Igor Vinícius, Bruno Alves, Lucas Kal e Léo; Willian Farias, Araruna e Liziero; Nenê, Everton Felipe e Diego Souza.

"No primeiro tempo, a gente teve mais controle do jogo. No segundo, foi um pouco mais equilibrado. Mas fica um saldo bastante interessante por essa mudança de identidade que a gente quer. Acho que o São Paulo começa a mostrar um pouquinho a sua cara", analisou Jardine. "Era um jogo complicado, porque o adversário tem um bom nível. Quando vimos os vídeos, fiquei impressionado com a qualidade. É um time que está surpreendendo no Campeonato Alemão, está no meio da temporada e descansou alguns dias. E a gente com cinco dias de trabalho", analisou.

FOCO NO BRASIL
O São Paulo retorna ao Brasil no dia 15 e já tem estreia pelo Campeonato Paulista quatro dias depois, diante do Mirassol, no Pacaembu (o Morumbi passa por reformas). Já o primeiro compromisso na fase preliminar da Copa Libertadores está marcado para 6 de fevereiro, contra o Talleres, na Argentina. O jogo de volta será no dia 13, provavelmente na reabertura do estádio são-paulino.