Aguirre festeja vitória, mas cobra evolução ofensiva do São Paulo em 'decisão'

Time tricolor enfrenta o Atlético Paranaense no duelo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, nesta quinta, às 19h15

por Agência Estado

São Paulo, SP, 17 - Embora o São Paulo tenha ficado distante de mostrar um grande futebol na noite desta segunda-feira, o técnico Diego Aguirre exibiu satisfação com a vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, no Morumbi, na estreia da equipe neste Brasileirão. O comandante, porém, aproveitou a entrevista coletiva que concedeu após o confronto para cobrar uma evolução ofensiva do time no duelo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, nesta quinta, às 19h15, no mesmo estádio tricolor, contra o Atlético Paranaense.

A equipe são-paulina será obrigada a vencer para seguir viva na competição, pois foi superada por 2 a 1 no duelo de ida deste mata-mata, em Curitiba. E como os gols fora de casa não têm mais peso maior para efeito de desempate a partir desta edição do torneio, os anfitriões precisarão ganhar por dois gols de diferença para avançar às oitavas de final. Em caso de vitória por vantagem mínima, a classificação será definida nas cobranças de pênaltis.

Aguirre festeja vitória, mas cobra evolução ofensiva do São Paulo em 'decisão'
Aguirre festeja vitória, mas cobra evolução ofensiva do São Paulo em 'decisão'
"Eu disse que queria construir o time primeiro defensivamente para depois pensar no ataque. Sinceramente, eu não gostei da nossa proposta de ataque hoje (segunda-feira). Não é porque ganhamos que vamos pensar que as coisas estão bem. Estamos num caminho sem sofrer gol, mas o time tem que aparecer mais na frente. Vamos ver o que acontece na quinta-feira. Não jogamos bem e, se repetirmos isso na quinta, fica difícil", afirmou o treinador uruguaio, que ao mesmo tempo disse apostar no avanço do seu time à próxima fase da Copa do Brasil.

"Tenho confiança total e absoluta de que vamos classificar. O Campeonato Brasileiro acaba em dezembro, é muito longo e nós temos que pensar sempre no próximo jogo. Vamos aproveitar os dias (esta terça e a quarta-feira) e não pensar além disso porque temos uma decisão na quinta. Depois, outro jogo importante no domingo, contra o Ceará, que temos de vencer. Depois de cinco jogos poderemos ver algo mais geral na competição", completou Aguirre, se referindo também ao duelo válido pela segunda rodada do Brasileirão, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Já ao analisar o desempenho do time são-paulino de uma forma geral, o técnico enfatizou que o mais importante foi ter somado três pontos nesta estreia, mas ele deixou claro que não aprovou a atuação de seus comandados.

"Valorizo o triunfo porque sempre é importante. Quando não joga bem e ganha temos que valorizar, mas estou totalmente de acordo que fizemos um primeiro tempo razoável, e no segundo a intenção era atacar mais e fazer mais gols, mas não pressionamos. Não ficamos perto de sofrer o gol, mas o segundo tempo não foi bom", analisou.