São Paulo deve fechar com Rogério Ceni para o lugar de Ricardo Gomes

O "Mito" se aposentou no ano passado e passou 2016 realizando cursos para se tornar treinador

por Agência Estado

São Paulo, SP, 23 - O São Paulo está conversando com Rogério Ceni para ser o sucessor de Ricardo Gomes no comando da equipe. O ex-goleiro tricolor tem tudo para substituir o técnico que foi demitido na tarde desta quarta-feira, após um desempenho ruim à frente do clube no Campeonato Brasileiro.

Rogério Ceni se aposentou dos gramados no final do ano passado e decidiu que gostaria de ser técnico do São Paulo. Passou a se dedicar aos estudos, fez cursos na Europa e evitou os holofotes na reta final do Brasileirão, para não pressionar a diretoria do clube. Mesmo assim não adiantou e Ricardo Gomes acabou caindo.

As conversas com Rogério Ceni estão bem adiantadas e devem ser concluídas ainda essa semana
As conversas com Rogério Ceni estão bem adiantadas e devem ser concluídas ainda essa semana
Pesou na decisão de tirar o comandante o fato de que, no próximo ano, o São Paulo terá eleições presidenciais e a pressão pela saída de Gomes, de muitos conselheiros, era enorme. Com isso, o atual mandatário Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, que a princípio não tinha intenção de mudar a direção da equipe, foi convencido do contrário.

A saída de Gomes ajuda Leco no futuro pleito, que será disputado em abril, e a possível chegada de Rogério Ceni, tida como certa nos corredores do Morumbi, será um ótimo cabo eleitoral do dirigente que busca a reeleição. No dia 16 de outubro, o Estado de S. Paulo já havia anunciado que Rogério Ceni estava se preparando para assumir o São Paulo.

Uma avaliação de parte da diretoria era de que não adiantaria nada segurar Gomes para 2017 porque, no meio do Campeonato Paulista, na primeira sequência de derrotas, a pressão para demiti-lo aumentaria. Com isso, a ideia é trazer o novo treinador para já começar o ano e ter tempo para mostrar seu trabalho logo nas primeiras competições.

Mercado da Bola
Contratações
Não houve contratações no período
  • Cícero

    Meia (ex-Fluminense)

  • Neilton

    Atacante (ex-Botafogo-RJ)

  • Rogério Ceni

    Técnico

  • Sidão

    Goleiro (ex-Botafogo-RJ)

  • Wellington Nem

    Atacante (ex-Shakhtar Donetsk-UCR)

São Paulo-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Denis, Renan Ribeiro, Sidão

  • Laterais

    Buffarini, Bruno, Foguete e Junior Tavares

  • Zagueiros

    Maicon, Rodrigo Caio, Lugano, Breno, Douglas e Lucão

  • Volantes

    João Schmidt, Wesley, Thiago Mendes, Wellington e Araruna

  • Meias

    Cueva, Cícero, Lucas Fernandes e Shaylon

  • Atacantes

    Chavez, Gilberto, Wellington Nem, Neilton e Luiz Araújo

  • Técnico

    Rogério Ceni