Técnico "descobre" problema do São Paulo na Libertadores

por Teste

São Paulo, SP, 05 (AFI) - O técnico Ricardo Gomes culpou a ansiedade dos jogadores pelas dificuldades enfrentadas pelo São Paulo para avançar às quartas de final da Libertadores. Na noite de terça-feira, a equipe empatou por 0 a 0 e só se classificou porque venceu a disputa de pênaltis por 2 a 1.

Leia também:
Oficial! São Caetano apresenta quatro reforços para Série B

"Raça não faltou, não. Mas a ansiedade superou. Deixamos o jogo coletivo para fazer jogadas individuais. A famosa pressa", afirmou o treinador, discordando da cobrança dos torcedores são-paulinos, que pediram mais luta da equipe na partida de terça-feira.

Ricardo Gomes acredita que a classificação sofrida dará mais motivação para o time na sequência da Libertadores. "Já tinha falado que a responsabilidade era do São Paulo. O Universitário foi um time todo na defesa. Vencer isso tudo é importante e dá moral ao time", disse.

O treinador lamentou as chances desperdiçadas. Durante o jogo, a equipe acertou a bola na trave com o meia Marlos e o volante Rodrigo Souto.

"Não convertemos nossas chances. O time ficou em cima o tempo todo no primeiro tempo. No segundo tempo foi a mesma coisa. Foi na garra, na personalidade. Isso é jogo de Libertadores", comentou.